NEM OS MORTOS – Cemitério dos Inocentes está esquecido pela prefeitura

Nem a maquiagem realizada no cemitério no mês que antecedeu o último dia de finados parece que resolveu o problema.

Da Redação

19 de Fevereiro de 2014 às 05:00

Foto: Divulgação

O cenário em frente ao Cemitério Municipal dos Inocentes localizado no Bairro Mucambo, região Central de Porto Velho, é deprimente.

Utilizado para guardar as memórias de centenas de tradicionais moradores da capital rondoniense que lá foram sepultados, o local foi entregue ao descaso e a total falta de respeito pela administração pública municipal.

Um rombo no muro do cemitério expõe todo o local aos vários usuários de crack que vivem na região. Nem a maquiagem realizada no cemitério no mês que antecedeu o último dia de finados parece que resolveu o problema. 

Enquanto isso nem os mortos escapam do desleixo de uma gestão pública lenta e contraditória.O local é invadido frequentemente e túmulos violados. Segurança no perímetro é inexistente.

Cultura Ribeirinha

O cemitério dos Inocentes é conhecido por vários contos que são relatados por senhoras que viveram suas infâncias em Porto Velho. De acordo com a lenda contada por antigos moradores do bairro Mucambo, há muitos anos atrás um homem que batia na mãe foi enterrado na frente do cemitério dos Inocentes, e vez ou outra, de acordo com a fase da lua ele revirava-se em seu tumulo e se transformava em uma besta que quebrava o muro do cemitério e vários túmulos por perto. Conta a lenda do Madeira...

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS