BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

JI-PARANÁ - Criança de 10 anos é morta por bala perdida durante briga entre padrasto e enteado

JI-PARANÁ - Criança de 10 anos é morta por bala perdida durante briga entre padrasto e enteado

Da Redação

02 de Novembro de 2012 às 18:33

Foto: Divulgação

Durante uma briga entre um adolescente de 16 anos e do seu padrasto, uma menina de apenas 10 anos de idade acabou morrendo por uma bala perdida, disparada pelo próprio irmão. A mãe também foi atingida.
A briga aconteceu por volta das 12h30, em uma residência localizada na Rua Passos, no final da Rua Amazonas, no bairro Primavera, 2º Distrito de Ji-Paraná. De acordo com relatos de Marcos Barbosa, que é padrasto do "menor em conflito com a lei", chegou em sua casa e começou uma discussão com seu enteado, por causa de um cachorro. Durante a conversa calorosa, o menor o ameaçou de morte por várias vezes e em seguida, saiu de casa dizendo que iria voltar com uma arma de fogo para terminar a briga.
Depois de aproximadamente 10 minutos, o seu enteado chegou na porta da sala e apontou o revólver em sua direção. Um pouco antes de puxar o gatilho, a mãe do adolescente entrou em sua frente e acabou sendo atingida de raspão no rosto. Em consequência, a trajetória do projétil mudou de direção e atingiu de cheio o peito de uma criança de apenas 10 anos de idade, que é filha do casal. A criança chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu ao ferimento e morreu a caminho do HM.
Após ver sua mãe e sua irmã caída, o "menor em conflito com a lei", de 16 anos, que já foi preso por Roubo, em Colniza/MT, fugiu do local, levando o revólver.
A PRISÃO
Prontamente as guarnições de Rádio Patrulha da 1ª Cia e patrulhas do Ptran da 2ª Cia, intensificaram o patrulhamento, enquanto o coordenador da Central de Operações da PM, SGT PM Leite e seu auxiliar, SD PM Estorari, tentavam colher informações mais precisas do solicitante.
De posse de algumas informações passadas pela Central de Operações, a guarnição do Ptran composta pelo SGT PM Reginaldo e SGT PM P. Barros, se deparou com o menor, em uma motocicleta Honda, de cor verde, trafegando em alta velocidade pela BR 364 - Sentido a Rua 06 de Maio, já no 1º Distrito. Com o apoio das guarnições de serviço, o suspeito foi abordado e após ser indagado sobre os fatos, o mesmo confessou o crime. Em primeiro momento, ele relatou aos PM's, que jogou a arma no Rio Machado. Uma equipe de mergulhadores foi até o local e após algumas horas de buscas a tal arma não foi localizada, mas acabou sendo encontrada, horas depois, escondida nos fundos da casa onde ocorreu o crime.
De acordo com a Polícia, logo após o disparo, o menor mandou um vizinho, identificado como Gilmar Jesus de Freitas, esconder o revólver. Diante da triste situação, o menor foi encaminhado à Delegacia de Polícia, juntamente com a arma do crime e com o seu vizinho, onde serão entregues a autoridade de plantão.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS