BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Participantes aproveitam curso do TCE para comentar e tirar dúvidas sobre novas regras da contabilidade pública

Participantes aproveitam curso do TCE para comentar e tirar dúvidas sobre novas regras da contabilidade pública

Da Redação

23 de Agosto de 2012 às 08:26

Foto: Divulgação

Encerrando a segunda etapa do curso sobre as novas regras da contabilidade pública, realizado pelo Tribunal de Contas, em Cacoal, gestores e técnicos de órgãos jurisdicionados ao TCE, além de profissionais de empresas que prestam serviços contábeis aos municípios, expuseram suas opiniões sobre o assunto, além de obter esclarecimentos e tirar dúvidas com os instrutores.
 
Frequentador de capacitações ministradas pelo Tribunal, o contador do município de Espigão do Oeste, Edgar Batista de Souza, aproveitou para manifestar sua preocupação quanto à reavaliação e depreciação de bens públicos, uma das exigências das novas regras.
 
Já a servidora da Prefeitura de Ji-Paraná, Sonete Diogo Pereira, fez um breve relato de como está ocorrendo o processo de adaptação às novas regras em seu município.
 
O servidor do setor de contabilidade do município de Cacoal, Nicácio Machado, citou as dificuldades que as administrações municipais terão em virtude das alterações que abarcam, inclusive, as novas tecnologias, como o Sistema Integrado de Gestão e Auditoria Pública (Sigap), utilizado pelo TCE.
 
Por fim, Wilmon Marcos Júnior, representante de uma empresa de automação pública que presta serviços a 15 municípios de Rondônia, questionou a situação da implementação das novas regras durante o período de transição nos governos municipais.
 
“Todas as informações e novidades têm de ser repassadas para os futuros gestores, a fim de que o cronograma estabelecido junto ao Tribunal de Contas seja plenamente executado”, lembrou, ressaltando a importância de o TCE ter se preocupado em proporcionar essa capacitação, antes da obrigatoriedade das novas regras, a partir de 2013.
 
A participação dos jurisdicionados e prestadores de serviços contábeis às prefeituras foi destacada pelo auditor Omar Pires Dias, instrutor do curso, juntamente com o também auditor Erivan Oliveira e os técnicos Francisco Barbosa, Allan Albuquerque e Jorge Eurico.
 
“Essa interação é importantíssima, porque os técnicos municipais e os prestadores de serviços nos trazem indagações e situações que eles enfrentam, as quais, por sua especificidade, demandam uma atenção maior do Tribunal. Essa experiência enriquece ambos os lados”, diz.
 
ARIQUEMES
 
Depois de realizadas duas etapas (Vilhena e Cacoal), a jornada pedagógica do Tribunal de Contas pelo Estado, que tem o objetivo de esclarecer as novas regras introduzidas na contabilidade pública brasileira, chega a Ariquemes. Nesta quinta (23) e na sexta-feira (24) serão ministradas as aulas no auditório da Secretaria Regional do município. O evento é organizado pela Escola Superior de Contas (Escon).
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS