BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Confira as ultimas noticias da faculdade FIMCA

Confira as ultimas noticias da faculdade FIMCA

Da Redação

06 de Julho de 2012 às 07:43

Foto: Divulgação

Arquitetura e Urbanismo da FIMCA faz reparo em residência da Zona Leste
O Curso de Arquitetura e Urbanismo da FIMCA, Faculdades Integradas Aparício Carvalho, já deu início aos reparos na residência da Sra. Francisca Santos da Silva, cuja casa, localizada na Rua Itatiaia, 5746, no bairro São Francisco, apresenta vários problemas de rachadura nas paredes. Ela foi sorteada no Projeto Castanheira para receber reparo das falhas estruturais identificadas em uma visita técnica realizada sob a supervisão do professor Liandro de Almeida Loyola, que leciona, dentre outras, as disciplinas de Sistemas Estruturais e Materiais de Construção, com a participação doa acadêmicos Marcos, Kelly e Adriana, do 3º período, e Ivânia, do 1º período.
Com o apoio da AGROBOI, que forneceu os materiais que estão sendo utilizados, e da AE – Arquitetura e Engenharia Associados, que entrou com a mão de obra, os reparos já estão em curso, corrigindo algumas rachaduras estruturais da casa.
Segundo a coordenadora do curso, professora Marta Esteves, durante a realização do Projeto Castanheira, os acadêmicos disponibilizaram em vários pontos do Campus, locais de coleta nos quais os participantes depositaram solicitações para reparo de alguma patologia em suas residências. “A solicitação sorteado foi a da Sra. Francisca Santos da Silva, cuja casa, localizada na Rua Itatiaia, 5746, no bairro São Francisco, já está recebendo os devidos reparos” concluiu.
Enfermagem da FIMCA realiza acompanhamento supervisionado na Unidade Básica de Saúde Caladinho
Acadêmicos do primeiro período do Curso de Enfermagem da FIMCA, Faculdades Integradas Aparício Carvalho, realizaram acompanhamento supervisionado na Unidade Básica de Saúde Caladinho, com a finalidade de conhecerem a rotina do local.
Sob a orientação das professoras Grace Kelly de Almeida Monteiro e Clenilda Aparecida, os estudantes tiveram contato com um conjunto de ações, de caráter individual ou coletivo, situadas no primeiro nível de atenção dos sistemas de saúde, voltadas para a promoção da saúde, prevenção de agravos, tratamento e reabilitação.

De acordo com a coordenadora do curso, professora Eldya Flavia, as atividades foram desenvolvidas entre os dias 16 e 23 de maio, como o objetivo de conhecer e analisar as normas e rotinas da Unidade Básica de Saúde; refletir, discutir e descrever as potencialidades e fragilidades da assistência de enfermagem oferecida no local; analisar e descrever a organização estrutural da equipe de enfermagem bem como a disponibilidade de materiais de consumo para suprir as necessidades da unidade.

 

Enfermagem da FIMCA orienta alunos da rede pública sobre DST/AIDS e Hipertensão Arterial

Entre os dias 13 e 20 de junho, os acadêmicos do Curso de Enfermagem da FIMCA, Faculdades Integradas Aparício Carvalho, acompanhados das professoras Grace Kelly de Almeida Monteiro e Clenilda Aparecida, foram à escola estadual Tancredo Neves fornecer orientações para os alunos do 8° e 9° ano sobre DST/AIDS e Hipertensão Arterial.
“Pesquisas apontam que cresce o numero de adolescentes que procuraram esclarecimentos sobre essa temática. Os jovens têm um conceito de AIDS relativo, ligando-o, sobretudo, a sentimentos de fatalidade, ressaltando, assim, como prevenção, o uso da camisinha e revelando desconhecimento em relação a alguns aspectos do HIV/ AIDS, do seu corpo e do outro. Portanto, embora tendo informações, mesmo elementares, sobre sexualidade, o vírus e a doença, eles carecem de uma educação mais efetiva neste sentido, tendo em vista a necessidade da aquisição destes conhecimentos e habilidades, para a garantia da mudança de comportamento, visando assim a melhoria da qualidade de vida, tanto para si quanto para o outro, respeitando e compreendendo sua contextualidade global e resgate à cidadania”, esclareceu a coordenadora do curso, professora Eldya Flavia.
“Nossa pretensão com esse tipo de atividade é combater vivência da sexualidade baseada em convicções errôneas, ideias falsas e escrúpulos sem fundamento positivo, que desencadeiam consequências irreversíveis, como a gravidez precoce e favorecem condições de risco para a adolescente contrair DST/AIDS/HIV; isso sem mencionar os danos de ordem psicológica”, concluiu.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS