BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Adesões marcam encerramento do Fórum de Gestores da Cultura

Adesões marcam encerramento do Fórum de Gestores da Cultura

Da Redação

02 de Junho de 2012 às 09:17

Foto: Divulgação

Uma solenidade para adesão de vários municípios do interior de Rondônia, ao Sistema Estadual e Nacional de Cultural, marcou o encerramento da IV reunião do Fórum de Gestores da Cultura da Região Norte, na tarde desta sexta-feira (1°), no Teatro Banzeiros em Porto Velho. O evento foi organizado pela prefeitura do Município, através da Fundação Cultural Iaripuna e em parceria com o Ministério da Cultura e governo do estado.

 Na avaliação da vice-presidente da Fundação Iaripuna, Berenice Simão, o intercâmbio entre os gestores da cultura do Norte e a discussão de pontos em comum foram os aspectos mais positivos do evento. Ela ainda destacou os avanços para estruturação interna do Fórum, com a elaboração do regimento interno e inclusão de todos os gestores públicos e a sociedade civil. “Representantes dos Conselhos Municipais de Cultura terão voz e voto. É a força representativa da sociedade”, comentou.
 
Berenice afirmou que Porto Velho aderiu ao Sistema Nacional de Cultura em 2005, no início da gestão do prefeito Roberto Sobrinho, e desde então veio preparando a sua estruturação. Um dos primeiros passos foi a criação da Fundação Cultural Iaripuna. “No ano passado foi aprovado o nosso Sistema Municipal e recentemente empossamos o Conselho Municipal de Cultura”, comemorou. Ela agradeceu a todos os gestores, o apoio do Ministério da Cultura, a parceria com o estado, colocou-se a disposição dos novos municípios que aderiram e incentivou a persistência.
 
Centro
 
Já o representante do Ministério da Cultura para a região Norte, Delson Cruz, além de enaltecer a postura da prefeitura de Porto Velho, destacou como ponto importante o Fórum as discussões sobre a criação de uma política específica e edital único de financiamento de projetos por parte do Governo Federal para os estados e municípios da Amazônia. Outro ponto foi a decisão de chamar a bancada federal do Norte para os próximos debates. “Precisamos também entender a cultura como um vetor de resgate social e que precisa ser tratada como política pública”, afirmou.
 
Estado
 
De acordo com o secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Rondônia, Francisco Leilson (Chicão), a consolidação do Sistema Estadual de Cultura vai trabalhar o setor de forma organizada e integrada, promovendo políticas públicas para fomentar e fortalecer o setor nos municípios do estado. “É muito importante a adesão de todas as prefeituras, pois de outra forma não terão recursos para custear seus projetos”, alertou.
 
Representante da cultura de Cacoal, Maria Lindomar falou em nome dos secretários de todos os municípios de Rondônia. “Os prefeitos precisam valorizar a cultura e eventos como este, que nos fazem chegar mais longe e crescer juntos. Vamos mostrar para o Brasil que aqui tem cultura e da boa”, pelou. Keila Diniz, representante do Ministério da Cultura para Rondônia e Acre, observou que a adesão ao sistema Nacional “permite ao município criar gestão cultural e instrumentos de participação”. Na opinião dela, “o Fórum é uma forma de potencializar a cultura e as prefeituras devem estar preparadas para alcançar os recursos disponíveis”.
 
Adesão
 
Os municípios que assinaram termo de adesão foram Ji-Paraná, Ariquemes, Nova Brasilândia do Oeste, Guajará-Mirim, São Miguel do Guaporé, São Felipe do Guaporé, Jaru, Novo Horizonte, Cacoal, Pimenta Bueno e Candeias. Presidente Médici, Rolim de Moura e Alta Floresta aderiram, mas vão encaminhar a documentação direto a Brasília. Já o prefeito de Buritis informou que está analisando a possibilidade de assinar a adesão.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS