BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

GASTRONOMIA - O “limãozinho” preocupante nos copos dos usuários de restaurantes - Por Paulo Ayres

Virou mania o garçom levar até a mesa o refrigerante, o copo com gelo e a fatia de limão. A rotina tem sido a mesma na grande maioria dos restaurantes e até quando se observa para não incorporar o “limãozinho”, o mesmo acaba parecendo. Alguns garçons quan

Da Redação

21 de Março de 2011 às 16:06

Foto: Divulgação

Virou mania o garçom levar até a mesa o refrigerante, o copo com gelo e a fatia de limão. A rotina tem sido a mesma na grande maioria dos restaurantes e até quando se observa para não incorporar o “limãozinho”, o mesmo acaba parecendo. Alguns garçons quando se pede para retirar o limão, bruscamente joga todo o gelo na bandeja ou retorna com a cara feita, emburrado.
Mas os perigos do inocente “limãozinho” são inúmeros: 1- o limão é lavado?; 2- quem corta as fatias lava as mãos?; 3- após cortar as fatias onde as mesmas ficam armazenadas?; 4- as fatias estão a salvo de moscas?; 5- o garçom/garçonete apanha as fatias com a mão para colocar no copo?; 6- estas fatias ficam armazenadas por quanto tempo?.
Alerta total: Muitos restaurantes de Porto Velho e os bares (principalmente com a tal “onda” da "cerveja suja”) utilizam fatias de limão para dar um toque especial em refrigerantes ou bebidas alcoólicas. Mas esta prática é perigosa, pois por trás do sabor da fruta,existe um grande perigo de contaminação. O problema não está na fruta, mas na forma como ela é usada, já que na maioria das vezes não recebe a higiene necessária antes do consumo. A casca do limão poderá então estar contaminada por bactérias e até mesmo por coliformes fecais, e possivelmente também com salmonelas. Este “desastre alimentar” poderá desencadear doenças gastrointestinais, como quadros de diarréia aguda ou crônica.
Mande seu comentário sobre sua experiência gastronômica para o email: ondecomerempvh@gmail.com. Esta é uma campanha do blog – ondecomerempvh (http://ondecomerempvh.blogspot.com/) pela melhoria da qualidade dos serviços de restaurantes, bares e lanchonetes de Porto Velho. Lembre-se de destacar o ambiente, o atendimento, o preço e a qualidade da comida. Quanto mais informações melhor. Cuidado onde e o que você come! ( Apoiador: Paulo Ayres – Tecnólogo em Gestão de Recursos Humanos, Jornalista Profissional, Professor Especialista, Radialista, e Técnico Legislativo.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS