BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Contribuintes liberados da malha fina do IRPF 2005, 2006 e 2007 serão restituídos a partir de 23 de agosto

A Receita Federal do Brasil liberou, desde 16/08, a consulta aos lotes residuais, com restituições do Imposto de Renda da Pessoa Física, exercícios 2005, 2006 e 2007, a contribuintes que saíram da malha fina. Os seis estados que compõe a 2ª Região Fiscal

Da Redação

20 de Agosto de 2010 às 15:25

Foto: Divulgação

A Receita Federal do Brasil liberou, desde 16/08, a consulta aos lotes residuais, com restituições do Imposto de Renda da Pessoa Física, exercícios 2005, 2006 e 2007, a contribuintes que saíram da malha fina. Os seis estados que compõe a 2ª Região Fiscal (2ª RF) têm 311 contribuintes contemplados. Juntos eles vão receber um total de R$ 397.102,44. Cada um terá, em média, uma restituição de R$ 1.276,86. Do exercício de 2005, oito contribuintes vão receber um total de R$ 25.442,88. Destes, sete são do Pará e um do Amapá. O valor estará disponível para saque na rede bancária, a partir de 23/08, e terá correção de 64,80%, correspondente à variação da taxa Selic. 
Já as restituições do exercício de 2006 contemplarão 77 contribuintes com um montante de R$ 111.783,55, atualizados pela taxa Selic de 47,70%. O dinheiro será creditado em suas contas bancárias no dia 24/08. O Pará é o estado com mais contribuintes, 41 no total, que receberão um montante de R$ 60.195,96, seguido do Amazonas com 24 contemplados e restituição total de R$ 28.981,05.
Em Rondônia, sete contribuintes receberão R$ 20.793,00 referentes ao IRPF/2006. A Receita Federal do Brasil depositará no Acre um montante de R$ 1.010,24 a dois contribuintes, mesma quantidade do Amapá, os quais terão direito a uma restituição de R$ 802,15. Em Roraima, apenas um contribuinte foi entrou neste lote e receberá a quantia de R$ 1,15.
O lote residual do exercício de 2007 é o que contemplou mais contribuintes e maior valor da restituição. Nele, 226 contribuintes da 2ª Região Fiscal receberão um montante de R$ 259.573,01, valor já corrigido pela taxa Selic (34,71%), que estará disponível nas contas bancárias na próxima quarta-feira (25/08).
Neste lote, a RFB pagará no Amazonas R$ 128.446,20 a 117 contribuintes. Rondônia vem em seguida, com 65 liberados da malha fina, que receberão R$ 86.182,40. O Pará tem 29 agraciados, para os quais a RFB depositará R$ 27.338,51 em suas contas. Seis contribuintes receberão R$ 14.212,85 no Amapá, cinco no Acre R$ 2.338,95 e quatro em Roraima receberão um montante de R$ 1.054,10.
Para saber se terá a restituição liberada nesses lotes, o contribuinte poderá acessar a página da Receita na internet (www.receita.fazenda.gov.br) ou ligar para 146. Basta informar o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física). Caso o contribuinte não concorde com o valor da restituição, poderá receber a importância disponível no banco e reclamar a diferença na unidade local da Receita.
A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, disponível na Internet.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS