BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Administração é o curso com mais matrículas no Brasil, mostra Censo da Educação Superior

Administração é o curso com mais matrículas no Brasil, mostra Censo da Educação Superior

Da Redação

03 de Fevereiro de 2009 às 08:25

Foto: Divulgação

O curso de administração foi o que teve mais estudantes matriculados no país, segundo dados do Censo da Educação Superior 2007, divulgados pelo MEC (Ministério da Educação), nesta terça-feira (3). A carreira registrou 16,4% do total das matrículas, com 798.755 alunos cadastrados.

No país, a contagem do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) mostrou que havia 4.880.381 estudantes em 2007.


Apenas seis áreas do saber são responsáveis por mais da metade das matrículas (51,2%) de todo o ensino superior no censo. São elas: administração, direito, pedagogia, engenharia, comunicação social e enfermagem.

DEZ CURSOS COM MAIS MATRÍCULAS
Crédito
 
Administração 798.755 120.562
Direito 613.950 82.830
Pedagogia 335.180 79.324
Engenharia 314.192 31.903
Comunicação social 221.901 35.686
Enfermagem 213.098 32.616
Ciências contábeis 190.971 28.025
Educação física 184.069 30.879
Letras 176.087 33.948
Ciências biológicas 126.659 20.284
CURSO MATRÍCULAS CONCLUINTES
O restante dos universitários ficou divido em 77 outros tipos de graduações, segundo informou o MEC.

O tão disputado curso de medicina, por exemplo, aparece apenas na 16ª colocação entre as áreas com mais matrículas. A graduação concentrava, em 2007, 79.246 matriculados - o que corresponde a 1,6% do total de estudantes do ensino superior naquele ano.

Educação profissional é a que mais cresce

Apesar de serem os cursos tradicionais que agregam o maior número de matrículas, foi na educação tecnológica, nos cursos voltados para a aplicação profissional mais imediata, que houve maior aumento no número de matrículas de 2006 para 2007.

De acordo com o MEC, o número de estudantes nesse tipo de graduação passou de 278.727 em 2006, para 347.856, em 2007 -- com aumento de 24,8%.

Tal acréscimo é puxado, predominantemente, pela iniciativa privada. Em 2007, os cursos tecnológicos de instituições particulares tiveram aumento de 29,6% em suas matrículas. A rede ainda foi responsável por oferecer cursos a 81,5% dos estudantes cadastrados na educação profissional superior.

Crescimento de matrículas

O número de matrículas no ensino superior, seja em graduações a distância, seja em cursos presenciais, aumentou 7,5%, de 2006 para 2007. Os maiores responsáveis por este crescimento foram os cursos a distância, cujo número de matrículas pulou de 207.206, em 2006, para 369.766, no ano seguinte - um salto de 78,5%.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS