BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Curso na capital capacita 120 professores de RO sobre crianças autistas

Curso na capital capacita 120 professores de RO sobre crianças autistas

Da Redação

06 de Junho de 2008 às 14:18

Foto: Divulgação

Governo capacita professores sobre transtornos invasivos do desenvolvimento De 9 a 13 de junho, o Governo do Estado realizará, por meio da Subgerência de Educação Especial da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), o curso de Transtornos Invasivos do Desenvolvimento (TID). O evento será aberto às 8 horas, no Rondon Palace Hotel, em Porto Velho, com a presença do secretário da Educação, professor Edinaldo Lustoza, tendo como público-alvo 120 professores da rede estadual de ensino de todos os municípios rondonienses. Conforme a subgerente da Educação Especial da Seduc, Vera Regina de Matos, o curso atende às diretrizes do governador Ivo Cassol, de garantir qualidade ao atendimento em todas as áreas. Neste caso leva-se em conta a necessidade de ser intensificada a disseminação de conhecimentos imprescindíveis para atender à proposta da Educação Inclusiva voltada aos alunos que apresentam algum tipo de transtorno. “Vimos a necessidade de trazer esse curso com vistas a preparar os profissionais da educação através de conteúdos teórico-práticos para melhorar o atendimento aos alunos autistas e com outros transtornos invasivos do desenvolvimento nas diversas modalidades de atendimento”, explicou Vera Regina. Os transtornos invasivos do desenvolvimento, segundo a subgerente da Educação Especial da Seduc, caracterizam-se por um comprometimento global em diversas áreas do desenvolvimento, como habilidade de interação social recíproca, habilidades de comunicação ou presença de esteriotipias de comportamento, interesses e atividades. As palestras serão ministradas pelas psicólogas Mara Rúbia Rodrigues, mestre em psicologia, especialista docente em psicopedagogia clínica e institucional e pedagoga; e Márcia Cristina Lima, mestranda em psicologia, especialista em psicopedagogia clínica e institucional. Ambas têm vivência em regência de classe a alunos com autismo e outros transtornos invasivos do desenvolvimento no Distrito Federal. “A oferta desse curso é uma demonstração de que o Governo de Rondônia está preocupado com a educação em todos os sentidos e níveis, atendendo, principalmente, à demanda reprimida e esquecida por outras administrações”, reforçou o secretário estadual da Educação, professor Edinaldo Lustoza. Veronilda Lima 9995 0306
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS