BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Caixa recebe prêmio da FIRJAN pelo programa ?Conectividade Social?

Caixa recebe prêmio da FIRJAN pelo programa ?Conectividade Social?

Da Redação

01 de Março de 2007 às 09:36

Foto: Divulgação

*A Caixa Econômica Federal recebeu nesta segunda-feira, dia 28, o "Prêmio Nacional de Desburocratização Eletrônica", da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). A CAIXA foi premiada pelo serviço oferecido em seu site ( www.caixa.gov.br ) às empresas certificadas no programa "Conectividade Social".

*Com acesso gratuito a um aplicativo, a ferramenta eletrônica permite a troca de informações referentes ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) pela internet. O prêmio foi entregue ao presidente da CAIXA, Jorge Mattoso, na tarde de hoje.

*Criado pela Firjan e FGV Projetos, com o objetivo de estimular soluções de atendimento pela internet que facilitem a relação entre empresas e contribuintes com os governos federal, estaduais e municipais, o prêmio está em sua primeira edição.

*Assim, o prêmio também buscou reconhecer as iniciativas dos três níveis de governo que - utilizando a internet como veículo - tenham efetivamente contribuído para a redução da burocracia, facilitando o dia-a-dia de empresas e cidadãos.

*Em sua 1ª edição, a premiação tem duas modalidades - G2B (governo para empresas) e G2C (governo para cidadãos) - cada uma delas com três categorias: municipal, estadual e federal e contou com 24 concorrentes previamente selecionados.

*As inscrições foram abertas no início de dezembro e encerradas em 31 de janeiro de 2005. Os sites foram avaliados segundo critérios de relevância para as empresas, os benefícios resultantes de sua implantação, seu estágio de desenvolvimento, grau de inovação, criatividade, ineditismo da proposta apresentada e sua acessibilidade.

*Os outros vencedores na categoria G2B foram:

*Governo da Bahia com as compras eletrônicas do estado sendo feitas por meio de um leilão virtual reverso, ou seja, o fornecedor lança suas propostas de preços dos materiais e serviços a serem adquiridos pelo governo baiano, que vão cedendo na medida que concorrentes fazem suas ofertas a valores mais baixos. O negócio é fechado pela internet;

*Prefeitura de Angra dos Reis pelo serviço de emissão eletrônica de notas fiscais de serviços (NFE). O prestador de serviços, com inscrição municipal e senha cadastrada, tem acesso a esse instrumento que dispensa a escrituração fiscal e permite o controle eletrônico de prestação de serviços.

*Os vencedores na categoria G2C foram:

*Receita Federal pelo projeto do Imposto de Renda Pessoa Física, com preenchimento da declaração do Imposto de Renda (IR) pelo computador ou pelo sistema on line e seu envio pela internet;

*Governo do Paraná pelo projeto "Dia-a-dia Educação / Fóruns de discussão", onde alunos, professores, escolas e comunidades têm acesso a diversos recursos, como fóruns de discussão on line. Os professores podem, ainda, escolher participar de fóruns de acordo com a disciplina que mais lhe interessam;

*Prefeitura de Petrópolis pelo projeto "pré-matrícula", disponível no site desde outubro de 2002. A Prefeitura montou oito quiosques eletrônicos de auto-atendimento com terminais de computador. Para fazer a pré-matrícula, as informações exigidas se restringem ao número do CPF e do endereço dos pais. Pela internet, eles podem localizar as escolas onde as crianças foram matriculadas.

*Na ocasião, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, e o presidente do Sistema Firjan, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, lançam o Portal Empresarial. A iniciativa da própria Firjan visa facilitar o dia-a-dia dos empresários e trabalhadores na relação com os órgãos de governo.

MESA REDONDA

*Ao final, haverá uma mesa redonda sobre Desburocratização Eletrônica em Entidades Governamentais - Propostas e Desafios com a participação do empresário Jack London, do ex-prefeito de Piraí, Luis Fernando Pezão, do diretor do departamento dos Programas de Gestão do Ministério do Planejamento, Paulo Daniel Lima, do advogado Geraldo Piquet Carneiro e do diretor da Riosoft, Benito Paret.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS