BOLA NA REDE: Ariel e Watthimem dividem a artilharia do Rondoniense-2020

No sábado, Ariel voltou a marcar duas vezes e garantiu a vitória de virada do Vilhenense sobre o Pimentense por 2 a 1 no estádio Portal da Amazônia, em Vilhena, garantindo a primeira posição no grupo B do Estadual com 11 pontos

FUTEBOL DO NORTE

03 de Março de 2020 às 15:23

Foto: Divulgação

Dois jogadores dividem a artilharia do Campeonato Rondoniense 2020 com quatro gols. São eles: os atacantes Ariel, do Vilhenense, e Watthimem, do Ji-Paraná, que marcaram no último final de semana para suas respectivas equipes na quinta rodada da competição estadual.

 

No sábado, Ariel voltou a marcar duas vezes e garantiu a vitória de virada do Vilhenense sobre o Pimentense por 2 a 1 no estádio Portal da Amazônia, em Vilhena, garantindo a primeira posição no grupo B do Estadual com 11 pontos. Já no domingo, Watthimem deixou sua marca no empate do Ji-Paraná com o Guaporé em 2 a 2 no estádio Cassolão, em Rolim de Moura. Com o empate, o Galo da BR caiu para a terceira posição com sete pontos.

 

Os dois jogadores são seguidos por Matheus, do Barcelona, e Raí, do Real Ariquemes, que passaram em branco na rodada passada e seguem com três gols, ocupando a vice-liderança da artilharia da competição. Até o momento foram marcados 54 gols em 25 jogos na competição, registrando uma média de 2,16 gols/partida.

 

O melhor ataque é o do Ji-Paraná com oito gols, enquanto que o piores ataques são do Guajará e do Pimentense com três gols cada. Já a melhor defesa é do Porto Velho que sofreu apenas um gol. Já as piores defesas são do Barcelona e do Guaporé que sofreram oito gols cada.

 

Confira a artilharia da competição:

 

4 gols

Ariel (Vilhenense); e Watthimem (Ji-Paraná);

 

3 gols

Matheus (Barcelona); e Raí (Real Ariquemes);

 

2 gols

Marco Aurélio (Guaporé); Marcos Malta (Genus); Marquinhos (Pimentense); Alesson e Xana (Rondoniense);

 

1 gol

Guilherme e Renan Alves (Barcelona); Helson, Lucas Brilha e Marcinho (Genus); Hércules, Paulão e William (Guajará); Jonilson, Kevin e Renato (Guaporé); Araújo, Dida, Marabá e Maranhão (Ji-Paraná); Bala, Lucas Sodré, Maurício Leal e Rennã (Porto Velho); Bruno (Pimentense); Cajano (Real Ariquemes); Cleiton Santos (Rondoniense); Careca, Fabinho, Lucão, Maycon e Ramon (União Cacoalense); Danilo, Edilsinho e Willian (Vilhenense).

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS