BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ESPAÇO ABERTO: Vítima de coronavírus teve contato com várias pessoas

Confira a coluna de Cícero Moura

CÍCERO MOURA/RONDONIAOVIVO

01 de Abril de 2020 às 08:41

Foto: Divulgação

MONITORAMENTO 


Secretaria Municipal de Saúde esteve na casa da idosa que morreu de coronavírus. No local moram 10 pessoas. São idosos, jovens e crianças que tiveram contato com a vítima. Todos vão ser acompanhados diariamente por agentes públicos de saúde.


VIZINHOS


A Semusa informou que todo o quarteirão onde morava a idosa está sendo monitorado. Alguns vizinhos também tiveram contato com a vítima.


MÉDICOS NO CALL CENTER


Um Centro de Atendimento de Coronavírus já está funcionando no CEM da capital para atendimento a pacientes com suspeita de Covid-19. O número 0800 647 5225 vai funcionar como teleconsulta, onde o paciente é atendido por uma equipe médica e, conforme os sintomas apresentados, será encaminhado para atendimento presencial.


NÃO PODE RELAXAR


A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) está reforçando que pacientes com sintomas leves precisam obedecer ao isolamento social domiciliar obrigatório. Os de sintomas moderados necessitam da consulta presencial, que serão realizadas no recém-criado Centro de Atendimento para casos suspeitos do novo coronavírus. E aqueles com sintomas graves serão orientados a ligar para o 192 (SAMU) ou procurar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) mais próxima de casa.


NO PLANTÃO


Equipes compostas por 27 médicos especialistas, estarão em plantão 24 horas com o objetivo de atender a população, tirar dúvidas e esclarecer as condutas corretas de acordo com cada sintoma.


REMESSA DE MÁSCARAS


Governo de Rondônia recebeu, ontem,31, 16 mil unidades de máscaras N 95 para profissionais que vão ter contato mais direto com pacientes infectados com coronavírus. 

 

RECURSO


Ainda no pátio do aeroporto, Marcos Rocha disse que vai recorrer da decisão liminar que proibe a flexibilização das medidas de restrição e isolamento social. 

 

AUXÍLIO


Marcos Rocha também falou em algumas medidas sociais que o governo está preparando em relação a pandemia de coronavírus. Rocha disse que a Secretaria Estadual de Ação Social prepara um plano de entrega de marmitas para pessoas mais necessitadas e um auxílio financeiro, em torno de 150 reais, para famílias mais vulneráveis. O anúncio das medidas deve ser feito nos próximos dias.

 

SERIEDADE


Em uma publicação no Facebook, Marcos Rocha tentou justificar a meia dúzia de jornalistas que foram até o hangar do governo acompanhar a entrevista coletiva. Disse ele: “o que você vai saber de verdade você vai ver, ou nas lives do Secretário de Saúde, Fernando Máximo, ou nas lives aqui do Governador, e nas emissoras sérias de televisão, de rádio, e sites também, sérios, que estiveram aqui, inclusive, fazendo, mostrando de fato o que está acontecendo”.    


SÓ UM LADO


Antes de comentar sobre a “coletiva”, falarei sobre um afirmação do governador Marcos Rocha quanto à verdade nas lives que só vem dele e do Secretário de Saúde. Joseph Goebbels também era especialista em publicar somente a verdade.  


SÓ UM LADO 2


Talvez pela imensa carga de trabalho, e a gente imagina que a demanda é enorme, o governador Marcos Rocha não saiba de tudo que acontece em sua volta. Avisar “toda” a imprensa sobre uma entrevista coletiva meia hora antes dela ocorrer, faz parecer que apenas veículos que estão “sem fazer nada” conseguirão estar presentes.


SÓ UM LADO 3


Como vivemos um período onde todos os veículos de comunicação estão com equipes completamente enxutas e “atolados” de pauta, fico pensando  que tipo de Mandrake foi possível para que alguns privilegiados conseguissem atender Vossa Excelência. 

 

LÁ E AQUI


Até no trato com a imprensa o governador Marcos Rocha tem se parecido com o “amigão” Jair Bolsonaro. O Governador entende que alguns jornalistas que questionam ou tem opinião contrária são aproveitadores, que tentam enganar a população e  levar vantagem política. 

 

CAMINHONEIROS SERÃO VACINADOS 

 

Caminhoneiros e portuários serão o próximo foco da campanha de vacinação contra a gripe em todo o país, assim que a agenda para idosos e profissionais de saúde for encerrada. O anúncio foi do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, durante entrevista à imprensa com ministros de Estado.

 

POSTOS VOLANTES

 

O ministro falou da campanha do Sest/Senat (Serviço Social do Transporte/Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) com 130 postos de atendimento a caminhoneiros em rodovias de todo o país com orientações e a entrega de produtos de higiene e alimentação aos profissionais e disse que a vacinação dos caminhoneiros contará com a mesma logística.


BANCOS SE APROVEITAM E COBRAM JUROS DE ATÉ 70% 

 

As principais entidades do varejo, como CNDL, e de shopping centers, no caso a Abrasce, entregaram carta ao ministro da Economia, denunciando aumentos de até 70% nos juros cobrados pelos bancos. Os bancos estariam  especulando pesadamente neste momento de pandemia de vírus chinês. Além da elevação criminosa dos juros, os bancos passaram a exigir garantias e contrapartidas absurdas, inviabilizando o acesso ao crédito.


JÁ HAVIA DESEMPREGO

 

O desemprego subiu no Brasil mesmo antes da expansão do coronavírus levar ao fechamento de lojas, shoppings e restaurantes. A taxa de desocupação subiu de 11,2% para 11,6% no trimestre encerrado em fevereiro, segundo dados da PNAD Contínua, divulgada hoje pelo IBGE. Isso representa que 12,3 milhões de brasileiros estavam sem emprego em fevereiro.

 

IR


A um mês do prazo final de entrega da declaração do Imposto de Renda, apenas 25% dos contribuintes acertaram as contas com a Receita Federal. Das 32 milhões de declarações esperadas, apenas 8,195 milhões foram entregues. 


PRORROGAÇÃO


Diante das dificuldades encontradas para funcionar em meio à pandemia de coronavírus, escritórios de contabilidade pedem o adiamento do prazo, que se encerra em 30 de abril.

 

SEGURO DESEMPREGO


Após a aprovação do auxílio emergencial para os trabalhadores informais, a equipe econômica já acertou que trabalhadores domésticos formalizados terão acesso ao seguro-desemprego se tiverem contrato suspenso ou redução de jornada e salários.

 

BOLSA FAMÍLIA 


Os beneficiários do Bolsa Família devem ser os primeiros a receber o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 (ou R$ 1,2 mil no caso de mulheres chefes de família) aprovado pelo Congresso Nacional, de acordo com o Ministério da Cidadania. Por receberem uma transferência de renda do governo federal, esses cidadãos já estão nas bases de dados do governo.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS