BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ESPAÇO ABERTO: Saúde procura quem teve contato com vítima de coronavírus em PVH

Confira a coluna de Cícero Moura

CÍCERO MOURA/RONDONIAOVIVO

31 de Março de 2020 às 08:39

Foto: Divulgação

EXAME DEU POSITIVO

 

O resultado do exame feito no Laboratório Central do Estado confirmou que a morte de uma idosa,66, na madrugada de domingo, na capital, foi causada pelo novo coronavírus. O anúncio foi feito pela Secretaria Estadual de Saúde na tarde desta segunda-feira,30.

 

MEDIDAS

 

De acordo com a Sesau, após a confirmação do exame foi repassado para a Vigilância Sanitária de Porto Velho localizar parentes, vizinhos e outras pessoas que possam ter tido contato com a vítima.

 

DESCONVERSOU

 

Um repórter perguntou para o Secretário Estadual de Saúde, Fernando Máximo, se ele era a favor do isolamento diante da pandemia de coronavírus. Máximo desconversou e preferiu dizer que as pessoas precisam ficar um pouco afastadas.

 

CARTILHA DO GOVERNADOR

 

Visivelmente desconfortado, Fernando Máximo preferiu agradar o chefe e ir contra o que preconiza o Ministério da Saúde, Organização Mundial de saúde e outros organismos internacionais de saúde.

 

LACEN

 

O Laboratório Central do Estado informou que entre domingo e até metade da tarde de ontem, 30, 119 exames foram feitos no  local. Foram confirmados 8  casos de pessoas infectadas com  o novo coronavírus. 130 exames aguardam resultado.

 

SEMUSA

 

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), informou que tão logo tomou conhecimento da confirmação da causa da morte da mulher, 66 anos, em Porto Velho, que testou positivo para Covid-19, adotou todas as medidas cabíveis dentro dos protocolos estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

 

MONITORAMENTO

 

A Semusa informou ainda que o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) e o Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), já estão providenciando ações para identificar quem teria tido contato com a vítima.

 

VISITA

 

A equipe técnica do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS) da Semusa já visitou toda a região e a casa onde a paciente morava para informar sobre o caso e orientar quais os procedimentos de prevenção devem ser seguidos pelos moradores da vizinhança.

 

MAPEAMENTO

 

O objetivo do trabalho é mapear a movimentação da vítima em busca de informações que possam revelar de que forma a doença foi contraída, já que não havia histórico de viagens para fora do Estado. A mulher era cardíaca, hipertensa e diabética. Ela chegou ao Pronto Atendimento José Adelino da Silva às 14h37 do último sábado (28), em estado grave, apresentando muito dificuldade para respirar. Tão logo recebeu os primeiros atendimentos, foi encaminhada para o Cemetron.

 

ENTREVISTA

 

A Semusa falará sobre o caso em coletiva à imprensa nesta terça-feira (31) às 11h, em Porto Velho. Participarão da coletiva de imprensa as secretárias titular e adjunta, Eliana Pasini e Marilene Penati, além da Coordenadora do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde de Porto Velho (CIEVS), Jorilma Monteiro, e a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), Régia Pacheco.

 

GRATIFICAÇÃO

 

A vereadora Ellis Regina e a Comissão de Saúde dos Servidores Municipais protocolaram nesta segunda-feira,30, três projetos na prefeitura que seriam de incentivo para os trabalhadores que estão de serviço na linha de frente no combate ao novo coronavírus.

 

VALORES

 

Os projetos pedem o retorno da gratificação de R$ 100, R$ 200, e R$ 300, aumento do valor dos plantões extras, e de uma gratificação de incentivo no valor de R$ 500 (auxílio de risco de vida) a servidores que atuam nas UPA´s (Unidades de Pronto Atendimento), abrigos, albergues, Samu, Policlínicas, e Centro de Medicina Especializado.

 

EXTENSIVO A OUTROS PROFISSIONAIS

 

O pedido do auxílio  de risco de vida abrange também os servidores da limpeza pública e aos   que desempenham funções nos Centros  de Referência Especializado  de Assistência Social (CEM); Antecipação do 13º salário no mês de abril, pagamento de 1/3 de férias na folha de abril, e pagamento de dois meses de licença prêmio.

 

PRORROGAÇÃO

 

A decisão da Secretaria Estadual de Educação de prorrogar o retorno dos alunos à sala de aula é algo prudente que vem ao encontro das determinações do Ministério da Saúde. Segundo o ministro Mandetta, os estudantes são portadores assintomáticos que ao retornarem para casa podem contaminar entre 5 e 6 pessoas.

 

PROGRAMAÇÃO

 

Após a decisão, a Seduc prepara para encaminhar às Coordenadorias Regionais o calendário escolar devidamente ajustado, visando cumprir o ano letivo de 2020.

 

SUSPENSÃO

 

A Azul Linhas Aéreas suspendeu, até o fim de abril, os voos diretos que eram feitos diariamente entre Porto Velho e Manaus. O voo diário e direto entre Porto Velho e Cuiabá segue mantido.

 

TRIPLICARAM

 

Coincidência ou não o primeiro fim de semana após a liberação de mais de 170 presos da Colônia Penal, em Porto Velho, teve o triplo de roubos à pessoa. Foram mais de 50 ocorrências entre roubo de motocicletas e celulares. Vale lembrar ainda que a maioria das pessoas que tem celular roubado não registra a ocorrência.

 

A FALTA DE PRESSA DOS SENADORES

 

O Senado Federal parece que vive em outro Planeta. Senadores optaram por não trabalhar no fim de semana, deixando de votar o auxílio de R$600 para brasileiros, em dramática situação de risco, na informalidade. A votação que poderia ter sido virtual no sábado ou no domingo, não ocorreu. Somente ontem lembraram que o Brasil é habitado por milhões de pessoas pobres, desempregadas e necessitadas.

 

ACORDARAM

 

Somente no fim da tarde de ontem o Senado aprovou a concessão de um auxílio emergencial de R$ 600 a trabalhadores informais. O objetivo é amparar financeiramente os trabalhadores que perderem a renda durante a crise do coronavírus. O benefício será repassado por três meses e será pago em dobro para mulheres chefes de família. O projeto já foi aprovado na Câmara e segue para sanção da presidência.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS