BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ESPAÇO ABERTO: Acusações entre prefeito e vereadora revelam inicio das caraminholas

Confira a coluna

RONDONIAOVIVO - CÍCERO MOURA

13 de Fevereiro de 2020 às 08:46

Foto: Divulgação

COMEÇOU NA REDE


Parece que a Lua de Mel do prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB), com alguns vereadores da capital está chegando ao fim. Mais de um egrégio, até então fiéis ao Alcaide,  já se manifestaram publicamente divergindo do chefe do executivo.  Ninguém quer correr o risco, em ano de eleição, de ter a imagem arranhada por ainda defender o político que diz ter feito muita coisa, menos cuidar da cidade como havia prometido.

 


MENTIRAS


A bola da vez envolve o prefeito e a vereadora Cristiane Lopes (PP), tudo por conta da paternidade da retomada de uma obra de infraestrutura no bairro Flamboyant, zona Leste da capital. Hildon Chaves disse  na sua página pessoal do Facebook que a vereadora estava tentando se promover politicamente em cima de uma iniciativa que teria sido da prefeitura.

 


RESPEITO AO POVO


O prefeito afirmou que o reinício da obra  partiu  de iniciativa da prefeitura, que através de articulações e empenho politico conseguiu desatar os nós que emperravam o andamento dos serviços. Diante do que achou descabido, Hildon Chaves foi enfático: “Vereadora tenha respeito com a população, isso não se faz”, aconselhou o chefe do Executivo. 

 


E TEM MAIS...


"Nunca tratei com a senhora sobre o Flamboyant. Isso é oportunismo eleitoral e a população sabe separar o joio do trigo, a boa política, a verdade da mentira, do engano e da falácia”, disse Hildon. 

 


ESTRATÉGIA


Algumas raposas velhas da política local acham que a manifestação veemente de Hildon Chaves já é uma estratégia para começar a minar possíveis adversários políticos para as eleições de outubro. O prefeito não confirma nem desconfirma que vem para reeleição, mas sabe que Cristiane é uma pré-candidata ao cargo de chefe do executivo.

 


MENTIROSO É VOCÊ


Sem pensar duas vezes, a  vereadora Cristiane Lopes disse que a  afirmação de Hildon Chaves sobre a obra é mentirosa. Durante uma transmissão ao vivo pelas redes sociais apresentou uma série de documentos onde  mostra todas as medidas tomadas por ela no que diz respeito as obras do bairro Flamboyant.

 

 

 

 

 

 


JUSTIÇA


Entre os documentos, Cristiane apresentou até um alerta feito ao Ministério Público do Estado de Rondônia sobre a situação, a  qual a comunidade do bairro Flamboyant estaria sendo exposta com a paralisação da obra que já durava mais de um ano, uma situação vergonhosa, de acordo com ela.

 


DESINFORMADO


Cristiane lamentou  que o prefeito Hildon Chaves não tenha conhecimento do seu trabalho, ela afirma que isso comprova a falta de comunicação que o prefeito teria com os secretários. No mesmo tom usado por Hildon Chaves disse: "mais uma coisa prefeito, o meu nome é Cristiane Lopes, não tenha medo de falar meu nome por aí, porque eu não tenho de falar o seu”, afirmou a vereadora Cristiane Lopes.

 


AMIGOS


O curioso nesse caso todo é que em entrevista para o Rondoniaovivo Cristiane Lopes, declaradamente se dizendo de oposição, chegou a falar que houve momentos de reuniões na casa do prefeito para tratar de questões pertinentes à cidade. Fico pensando como é ser de oposição tratando questões políticas na casa do opositor. 

 

 

 

 

 


ESTUPIDEZ


Um vídeo obtido com exclusividade pelo Rondoniaovivo mostra uma violência que parece não ter fim. A motociclista Érica Carolina Gomes da Silva, 26, vendedora de ovos de codorna e amendoim, foi violentamente atingida  por um carro no cruzamento das Avenidas Rio Madeira e Alexandre Guimarães, bairro Nova Porto Velho, na capital de Rondônia.

 

 

CLIQUE AQUI PARA VER O VÍDEO

 

 


NÃO RESISTIU 


A jovem ainda chegou a ser socorrida pelo SAMU, mas morreu no hospital. O carona da moto, um garoto de 13 anos, teve fratura na perna. As imagens mostram que as vítimas seguiam na Avenida Alexandre Guimarães sentido Centro em uma motocicleta Honda Biz, quando foram atingidas violentamente por um carro modelo Corsa Sedam, que transitava em alta velocidade na Rio Madeira em direção a BR-364.

 


JUSTIFICOU O INJUSTIFICÁVEL


O condutor do carro, de 20 anos, fez o teste de bafômetro e o resultado deu negativo. Ele informou para a polícia  que quando passou no cruzamento o semáforo estava amarelo, mudando para o vermelho. Mas as imagens mostraram outra coisa. Que a motociclista trafegava junto com o fluxo de carros que passavam com o sinal aberto na Avenida Alexandre Guimarães. O motorista responderá em liberdade pelo crime de homicídio culposo no trânsito (sem intenção de matar).

 

 

JOER e FERA


Nesta quinta-feira (13), às 8h30, no Hotel L'Acordes, o governo de Rondônia realiza a cerimônia de abertura oficial dos Jogos Escolares de Rondônia (JOER) e do Festival Estudantil Rondoniense de Artes - (FERA).

 

 

COMPENSAÇÃO


Após atritos entre governadores e o presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Economia Paulo Guedes afirmou que o governo vai enviar em duas semanas uma proposta de reforma tributária que unifica tributos e permite a participação dos estados.  A decisão foi anunciada após reunião do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), que é presidido por Guedes. Na terça-feira, em reunião com governadores, o ministro fez um aceno ao propor a criação de um mecanismo para compensar os estados que perderem receitas com a aprovação da reforma tributária.

 

 

OSMAR TERRA E ONYX LORENZONI


São insistentes os rumores de que Osmar Terra será exonerado do cargo de ministro da Cidadania, sendo substituído por Onyx, que na Casa Civil cederia lugar ao general Braga Neto.

 

 

LINHAS REGIONAIS


As empresas aéreas querem que a ANP homologue a troca do tipo de combustível de aviação consumido no país, por outra especificação técnica. A medida facilitaria a importação do produto. Atualmente, sete distribuidoras têm autorização para atuar no mercado.

 


MAIS OPÇÕES


O anúncio de compra da companhia TwoFlex pela Azul, anunciada mês passado, evidencia o interesse dos grandes em abocanhar a sua fatia do mercado em expansão. Pela primeira vez em muito tempo, a aviação regional volta a ser atrativa. Um dos fatores é a redução das cargas tributárias estaduais.

 

 

 

 


08 REGIONAIS


A Associação da América Latina e Caribe de Transporte Aéreo, que congrega as empresas do setor, acredita que existe espaço para oito companhias regionais operando simultaneamente no Brasil, em até dois anos.

 


PESQUISA APONTA QUE O BRASILEIRO ALEGA FALTA DE TEMPO E PACIÊNCIA PARA LER


Quem lê pouco, entende pouco. Quem não lê, não entende nada. Incentivar a leitura desde cedo pode aumentar o número de leitores no país, que já foi ainda menor. Estima-se que praticamente a metade dos brasileiros não tenha o hábito da leitura. Segundo a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, do Instituto Pró-Livro, os motivos alegados são a vida corrida e falta de paciência, que na verdade é preguiça de aprender a se concentrar, e também o apelo das novas tecnologias que levam as pessoas a perder tempo com coisas menos edificantes, ou muito simplificadas, às vezes falseadas.

 


DISSERNIMENTO


 Se o brasileiro lesse mais, teria maiores condições de identificar fake news, e portanto absurdos como a ideia da terra plana e a sugestão de boicote às vacinas, não iriam prosperar. Cerca de 44% dos brasileiros com mais de cinco anos não são leitores, não leram sequer um livro nos últimos anos. Apenas 33% dos entrevistados disseram que não têm dificuldades para ler.

 

 

CARRAPATO


Léo Moraes, autor da CPI da Aneel, está grudado em Rodrigo Maia para que toque adiante o requerimento da CPI da Aneel, apoiada por mais de 200 deputados, para investigar resoluções suspeitas da agência reguladora de energia elétrica. 

 


HÁ VAGAS


Pesquisa do site de empregos Indeed, revelou alta acima de 200% nas vagas de tradutor. Outras seis profissões, quatro de tecnologia e duas de professores (inglês e ensino fundamental) subiram mais de 100%.

 

 

 

Mande suas sugestões de pauta, fotos, denúncias ou reclamações para espacoaberto@rondoniaovivo.com.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS