BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

SESC apresenta ciclo de partituras “Recital Mestre do Violão”

SESC apresenta ciclo de partituras “Recital Mestre do Violão”

Da Redação

09 de Agosto de 2011 às 15:16

Foto: Divulgação

Previsto para ser apresentado no Teatro I do SESC no dia 10 de agosto de 2011, trará Cristiano Sousa executando uma seleção de peças de grandes compositores do repertório violonístico. A seqüência de 13 peças será apresentada em ordem cronológica com obras datadas do final do século XIX, até a década 1980. Entre os nomes escolhidos estão Villa-Lobos e Torroba. O recital será aberto com a famosa Asturias de Isaac Albéniz que foi originalmente escrita para piano, mas que ganhou fama através de sua transcrição para violão.
“Mestres do Violão”
Cristiano Sousa tem se dedicado ao estudo de questões técnico-práticas, quanto teóricas na performance musical. Os procedimentos de laboração de dedilhados violonísticos sobre a Aquarelle de Sérgio Assad foi o tema de sua dissertação de mestrado em Execução Musical pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em sua pesquisa atual de doutorado, também pela UFBA, dedica-se a estudar o modelo de ensino de violão adotado nas universidades brasileiras. Como teórico, apresenta trabalhos regularmente em eventos como SIMCAM (Simpósio de Cognição em Artes Musicais), Congressos da ANPPOM (Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música), congressos da ABEM (Associação Brasileira de Educação Musical).
Ao violão, participou de eventos como I Festival de Inverno de Brasília e 38ª Festival de Inverno de Campos de Jordão; obteve o 1ª Prêmio do Concurso de Violões Souza Lima; e realiza concertos periodicamente. Atualmente é professor na Universidade Federal de Rondônia no curso de Música.
ARTISTA: VIOLONISTA CRISTIANO SOUSA
DIA: 10/08
HORA:20h30
LOCAL: TEATRO 1 SESC
ENTRADA: 2 Kg DE ALIMENTOS NÃO PERECÍVEIS
PROJETO CICLO DE PARTITURAS
É voltado para a música instrumental popular e erudita com a proposta de fomentar ainda mais novos hábitos de apreciação musical na sociedade, assim incentivando e abrindo espaço para as produções locais nesses gêneros.
O Ciclo de Partituras vai além das apresentações musicais, ele também tem um caráter de contribuição na formação dos músicos locais oferecendo a possibilidade de contato com grandes instrumentistas de outros Estados do Brasil através de work shops e palestras dos quais antecederão as apresentações musicais.
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS