BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CORONAVÍRUS: Especialista cita RO entre os estados que se destacam no enfrentamento

O Cemetron foi equipado para atender exclusivamente pacientes confirmados com Covid-19

ASSESSORIA/GOVERNO RO

31 de Março de 2020 às 17:57

Foto: Divulgação

Durante entrevista realizada na segunda-feira (30) ao programa Roda Viva da Tv Cultura, o cientista, pesquisador e pós doutor em microbiologia pela Universidade de São Paulo, Atila Iamarino disse que ” os estados que diminuíram o fluxo de pessoas nas ruas e que estão construindo leitos hospitalares estão indo bem”, citando como destaques Rondônia,  São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.  A entrevista abordou as ações que os Estados estão aplicando quanto ao enfrentamento do novo coronavírus.

 

RONDÔNIA

 

Antes de qualquer confirmação de casos no Estado, o Governo de Rondônia, focando na prevenção e proteção da população, antecipou-se aderindo a um Plano de Contingência, no qual ações foram traçadas para enfrentar a pandemia.

 

Para lidar com o coronavírus, equipes de saúde foram capacitadas, novos leitos e equipamentos foram adquiridos, e medidas protetivas foram tomadas, como a quarentena, evitando aglomeração e propagação do vírus.

 

Em entrevistas o secretário estadual de Saúde, Fernando Máximos, fala sobre a atuação e as ações executadas. “Muitos Estados estão passando sufoco, o que não é o caso de Rondônia. Nos antecipamos preparando nossas equipes, comprando equipamentos e implantando novos leitos no Estado. Ser elogiado em rede nacional por um dos maiores especialistas em pandemias do Brasil mostra que estamos no caminho certo”.

 

AÇÕES

 

O Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron) atenderá exclusivamente os casos confirmados de coronavírus. Até o momento, já recebeu cerca de 44 novos equipamentos, entre ventiladores pulmonares mecânicos, cardioversores, monitores e leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), para suporte à vida. 19 leitos equipados já estão à disposição para receber os pacientes. A Assistência Médica Intensiva (Ami) também está sendo preparada e funcionará como unidade de retaguarda.

 

Os hospitais Cosme e Damião (infantil), João Paulo II, e Hospital Regional de Cacoal (HRC) instalaram tendas e barracas para fazer a triagem de possíveis pacientes com o coronavírus, através de parceria com o Exército Brasileiro (17º Brigada de Infantaria de Selva ) e com o Grupo Saga.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS