Tribunal de Justiça abre concurso com 160 vagas para analistas e técnicos

O certame tão aguardado está sob responsabilidade do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe)

ESTADO DE MINAS

29 de Fevereiro de 2020 às 09:37

Atualizada em : de de às

Foto: Divulgação

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) tornou público nesta sexta-feira (28/2) os editais do novo concurso público, que irá ofertar 160 vagas para os cargos de analistas e técnicos. O certame tão aguardado está sob responsabilidade do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

 

 

Os interessados poderão se inscrever pelo site do Cebraspe a partir das 10h de 9 de março até as 18h de 30 de março. As taxas irão variar entre R$ 80 para técnicos e R$ 100 para analistas.


 

Confira abaixo: 

 

Edital 1

 

São 140 vagas para o cargo de técnico de atividade judiciária. Os candidatos receberão remuneração de R$ 3.870,06, para exercerem jornadas de trabalho de 40 horas semanais. As chances serão para as seguintes cidades: Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Itaguaí, Itaperuna, Niterói, Nova Friburgo, Petrópolis, Rio de Janeiro, Vassouras e Volta Redonda.

 

Para participar é necessário ter certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente. 

 

Os candidatos serão avaliados por provas objetivas, contando com disciplinas de conhecimentos gerais (língua portuguesa, legislação especial, noções de direitos das pessoas com deficiência, ética no serviço público) e conhecimentos específicos (noções de direito - administrativo, constitucional, processual civil e processual penal e legislação). 

 

Edital 2

 

Estão sendo ofertadas 20 vagas para analistas, que exercerão jornadas de trabalho de 40 horas semanais para receberem remuneração de R$ 6.373,89. A seleção será realizada por provas objetivas, discursiva e avaliação de títulos. A prova contará com disciplinas de conhecimentos gerais (língua portuguesa, legislação especial, ética no serviço público e noções dos direitos das pessoas com deficiência) e conhecimentos específicos de cada especialidade.

 

As chances são para analista judiciário nas especialidades de assistente social, médico, médico psiquiatra, psicólogo, contador, comissário de justiça da infância, da juventude e do idoso, execução de mandados, analista de gestão de TIC, analista de infraestrutura de TIC, analista de negócios, analista de projetos, analista de segurança da informação e analista de sistemas.

 

Os aprovados poderão ser lotados em Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Itaguaí, Itaperuna, Niterói, Nova Friburgo, Petrópolis, Rio de Janeiro, Vassouras e Volta Redonda. 

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS