Edital aberto para seleção de profissionais de Justiça Restaurativa, em RO

Para ser candidatar à vaga o interessado deve atender alguns critérios

Comunicação TJRO

20 de Fevereiro de 2020 às 10:23

Atualizada em : de de às

Foto: Divulgação

Estão abertas vagas para a contratação de Facilitador de Práticas Restaurativas e ou Articulador de redes para atuarem em oito estados no programa Justiça Presente, parceria entre o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e o PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), com apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública, para superar problemas estruturais nos sistemas de justiça criminal, prisional, de justiça juvenil e socioeducativo.

 

Em Rondônia e em outros sete estados, um profissional será contratado pelo CDHEP (Centro de Direitos Humanos e Educação Popular de Campo Limpo), que irá promover ações de Justiça Restaurativa em 10 tribunais do Brasil até o fim de 2020.

 

O CDHEP irá constituir e qualificar equipes locais com processos continuados de sensibilização, formação e articulação e colaborar para o fortalecimento de redes parceiras para o desenvolvimento de práticas de Justiça Restaurativa. Também serão promovidos estudos de casos, formação e supervisão de equipes e o acompanhamento dos resultados obtidos, com foco na sensibilização de atores chave como magistrados, promotores e defensores e, também, na sustentabilidade das ações.

 

Para ser candidatar à vaga o interessado deve atender alguns critérios como ter curso superior, comprovada formação em Justiça Restaurativa e experiência. Os selecionados vão participar de uma formação presencial em São Paulo, com custos arcados pelo CDHEP.

 

Para ter acesso ao edital clique aqui.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS