Momento Lítero Cultural - Por Selmo Vasconcellos

 

 

ENO THEODORO WANKE – Rio de Janeiro, RJ. (Em memória)

 

SONETO DO AMOR SINCERO

 

Talvez que o povo ria, quando veja

que andamos abraçados pela rua

do nosso bairro afora, em plena lua

de mel brilhando em nossa vida andeja...

 

Talvez que aquela gente nos eleja

os tolos do lugar, enquanto atua

em nós o nosso amor, que continua

ao som nupcial da nossa velha igreja...

 

Talvez que não suportem teus olhares

nos meus quando, querida, te declares

a minha namorada sem defeito...

 

Talvez que nos invejem... e achem torta

a nossa vida alegre... ora, que importa?

Os pássaros adoram nosso jeito!

Direito ao esquecimento

Com a chegada de Ivo Cassol, em quem você votaria para o Governo de RO?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS