BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

QUARANKINIS: Influencers provocam fúria ao usar máscaras protetoras como biquíni

A reação dos seguidores foi dura. Muitos classificaram a brincadeira como “revoltante”, “insensível” e “desrespeitosa”

painel político

03 de Abril de 2020 às 16:30

Foto: Divulgação

 

Influencers que aderiram a uma brincadeira no Instagram estão provocando a fúria de seguidores. Tudo porque elas estão transformando máscaras protetoras, que poderiam ser usadas contra o coronavírus, em biquínis: os “quarankinis”.

 

Mais de 1 milhão de pessoas já foram infectadas no mundo, com mais de 50 mil mortes decorrentes da Covid-19. Muitas pessoas mundo afora estão tendo dificuldade para encontrar máscaras à venda.

 

Uma das influencers criticadas é a modelo russa Yulia Ushakova, que escreveu no Instagram:

 

“Encomendei uma nova tendência para o verão de 2020. Só preciso trocar a cada duas horas”.

 

A modelo Jade Marie, da Austrália, postou uma selfie na qual aparece usando máscara da forma apropriada, mas transformando outras em roupa de banho.

 

Jade Marie se exibe com 'quarankini'

Jade Marie se exibe com ‘quarankini’ Foto: Reprodução/Instagram

 

Influencer usa quatro máscaras para criar biquíni durante a quarentena

Influencer usa quatro máscaras para criar biquíni durante a quarentena Foto: Reprodução/Instagram

 

Muitas das influencers chegam a usar quatro máscaras para cada foto postada na rede social.

 

A reação dos seguidores foi dura. Muitos classificaram a brincadeira como “revoltante”, “insensível” e “desrespeitosa”.

 

Mulher de origem oriental usa o 'quarankini'

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

NOVA DATA: Após adiamento, confira como fica o cronograma do Enem

NOVA DATA: Após adiamento, confira como fica o cronograma do Enem

Ministro da Educação anuncia, por meio de rede social, adiamento do prazo para se habilitar à prova. Pagamentos podem ser feitos até um dia depois da data final para garantir a participação. Até o meio-dia de ontem, mais de 5 milhões de pessoas tinham feito o cadastro

23 de Maio de 2020 às 10:36