SEM DISCRIMINAÇÃO: Homem de 33 anos de SP é o mais jovem a morrer pelo coronavírus no Brasil

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo

ISTOÉ

24 de Março de 2020 às 10:33

Foto: Ilustrativa

Um homem, de 33 anos, que morreu em São Paulo, é a pessoa mais jovem a falecer em decorrência da Covid-19. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo, o jovem tinha uma doença prévia, que ainda não foi especificada pela pasta.

 

Em todo o Brasil, o Ministério da Saúde já contabiliza um total de 34 mortos (30 em São Paulo e 4 no Rio de Janeiro) e 1.891 casos confirmados do novo coronavírus.


Como epicentro da pandemia no Brasil, São Paulo também lidera o número de pessoas infectadas, com 745 casos confirmados. Em seguida vêm Rio de Janeiro (233), Ceará (163), Distrito Federal (133), Minas Gerais (128) e Rio Grande do Sul (86).

 

Também possuem casos confirmados Santa Catarina (68), Bahia (63), Paraná (56), Pernambuco (42), Amazonas (32), Espírito Santo (29), Goiás (23), Mato Grosso do Sul (21), Rio Grande do Norte (13), Acre (11), Sergipe (10), Alagoas (sete), Piauí (seis), Pará e Tocantins (cinco), Rondônia (três), Maranhão, Paraíba, Roraima e Mato Grosso (dois) e Amapá (um).

 

No início da semana passada, o ranking era liderado pelos estados do Sudeste e do Sul, além do Distrito Federal. O maior número de casos segue concentrado no Sudeste e no DF, mas a lista ganhou a presença do Ceará entre as primeiras colocações.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS