TEMPORAL: Casal morre carbonizado após descarga elétrica atingir residência

A residência das vítimas não possuía rede elétrica, mas uma pequena quantidade de combustível armazenado na área pode ter contribuído para que o fogo se alastrasse rapidamente

em tempo

26 de Fevereiro de 2020 às 14:24

Foto: Divulgação

Durante um temporal, que atingiu a região metropolitana de Manaus, na madrugada desta terça-feira (25), Luiz Carlos dos Santos Silva, de 53 anos, e Maria Freitas de Lima, de 60 anos, morreram após um raio atingir a casa onde moravam, localizada no ramal do Acajatuba, comunidade Igarapé Grande, em Iranduba (município distante 27 km de Manaus). 

 

Moradores informaram à polícia que o casal estava dormindo quando teve a residência incendiada pela descarga elétrica do fenômeno natural. O imóvel teve perda total e os corpos das vítimas foram carbonizados. 

 

Ainda segundo a polícia, a residência das vítimas não possuía rede elétrica, mas o casal costumava armazenar uma quantidade razoável de combustível no local, motivo que teria atribuído para o alastramento das chamas e, possivelmente, causado uma explosão na casa.

 

Familiares das vítimas disponibilizaram uma lancha, que levou as equipes da perícia e das polícias Civil e Militar até à comunidade. Os trabalhos de investigação e dos peritos iniciaram somente no final da tarde, pois os agentes enfrentaram dificuldades para chegarem ao local - que é de difícil acesso. 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS