CONFUSÃO: Tratamento de Progressiva vira caso de polícia em salão de cabeleireiro

Segundo a ocorrência, a cliente L.G.S., de 32 anos, fez uma escova progressiva em seu cabelo, no dia anterior (10), e não gostou do resultado já que seu cabelo estava caindo

REPORTER MT

13 de Dezembro de 2019 às 17:47

Foto: Divulgação

Três pessoas foram detidas, após confusão generalizada no salão de beleza Espaço Waine e CIA, na tarde de quarta-feira (11), em Barra do Garças (516 km da Capital).

 

Segundo a ocorrência, a cliente L.G.S., de 32 anos, fez uma escova progressiva em seu cabelo, no dia anterior (10), e não gostou do resultado já que seu cabelo estava caindo. Ela retornou ao salão de beleza como seu marido, A.R., de 35 anos, e reclamaram com o cabelereiro L.F.M.B., de 25 anos.

 

Os três começaram a discutir. O marido alegou que o cabelo da mulher estava fraco e o procedimento ocasionou a queda do cabelo, devido aos fortes produtos de alisamento. Em seguida, o marido cobrou uma explicação do cabelereiro e ambos começaram a trocar empurrões.

 

Testemunhas acionaram a Polícia Militar (PM). Os policiais militares foram ao estabelecimento e encaminharam os envolvidos para a 1ª Delegacia de Polícia, para tomar as providências cabíveis.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS