BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

LATROCÍNIO: Professor é assassinado com cinco tiros enquanto saia para trabalhar

O professor foi morto na frente da filha. A adolescente estudava na mesma escola que o pai trabalhava

em tempo

16 de Outubro de 2019 às 10:52

Foto: Divulgação

Um dia após o Dia dos Professores, um educador é assassinado em Manaus. Diego de Lima Araújo, de 32 anos, foi morto com cinco tiros, na manhã desta quarta-feira (16), no beco Santa Maria, próximo à rua União, localizada no bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus (AM). 

 

De acordo com uma moradora, que preferiu não se identificar, Diego foi abordado por um criminoso quando saia de casa para ir ao trabalho. Ele estava  acompanhado da filha, uma adolescente, que não teve a idade divulgada. A vítima dava aula de matemática na Escola Estadual Áurea Pinheiro Braga, mesmo local onde a filha estuda.

 

"Ele estava subindo na moto quando um homem atirou. Ele era meu amigo. Nunca fez mal a ninguém", frisou a dona de casa.

 

Outra testemunha afirmou que o responsável pelos disparos é conhecido da área e frisou que ele estava acompanhado de uma mulher no momento do crime.

 

 "O crime ocorreu por volta de 6h40. Quando o assassino foi em direção ao Diego, ele estava acompanhado de uma mulher, mas depois de atirar, voltou sozinho", explicou a testemunha.

 

Policiais da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) acreditam que o professor possa ter sido vítima de um latrocínio (roubo seguida de morte). O cordão e o celular dele foram levados pelo assassino.

 

Todas as hipóteses serão investigadas  pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

 

Outro caso

 

No dia 4 de outubro deste ano, Abed Vitorino Pena Neto, de 24 anos, e a namorada dele, identificada como Bruna de Azevedo de Souza, de 22 anos, foram executados a tiros em frente à casa onde moram, na mesma rua onde Diego foi morto.

 

As investigações, até o momento, não apontam ligação entre as mortes.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS