BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Ataque deixa ao menos 50 mortos e centenas de feridos em Las Vegas

Autor do ataque, identificado como Stephen Paddock, de 64 anos, foi morto pela polícia; ele fez disparos do 32º andar do hotel Mandalay Bay durante festival de música country realizado em terreno do outro lado da rua.

Da Redação

02 de Outubro de 2017 às 08:08

Foto: Divulgação

 Um ataque a tiros ocorrido durante o festival de música country "Route 91 Harvest" em Las Vegas, no oeste dos Estados Unidos, deixou ao menos 50 mortos e mais de 200 feridos no início da madrugada desta segunda-feira, 2 (noite de domingo no horário local).

O suspeito de autoria dos disparos foi perseguido e morto em troca de tiros com a polícia. Ele foi identificado como Stephen Paddock, de 64 anos, e teria agido sozinho, sem conexão com grupos extremistas.

"Quanto ao histórico e os antecedentes (do autor), ainda não completamos esta parte da investigação", disse chefe de polícia do Condado de Clark, do qual Las Vegas é a sede, Joseph Lombardo. "Mas localizamos uma grande quantidade de armas no quarto do hotel em que ele estava hospedado."

Inicialmente, as autoridades falavam em 20 mortos, mas o número foi elevado para 50 às 7h40 (3h40 no horário local), informou Lombardo. O atentado a tiros já é considerado o mais grave da história moderna dos Estados Unidos. Em junho de 2016, 49 pessoas foram mortas e 53 ficaram feridas em ataque a tiros na casa noturna LGBT Pulse, em Orlando, na Flórida.

O atirador estava posicionado no 32º andar do hotel Mandalay Bay, localizado em frente à área aberta onde aconteciam os shows, e abriu fogo do alto contra o público. Ele estava hospedado com uma mulher no hotel e resort, que é um dos mais famosos da região de cassinos da Las Vegas Strip. Marilou Danley, de 62 anos, foi localizada e a polícia disse acreditar que ela não teve envolvimento no massacre.

DONALD TRUMP
O presidente dos EUA, Donald Trump, foi informado sobre a tragédia no início da manhã e publicou uma nota de solidariedade em sua conta no Twitter. "Minhas mais calorosas condolências e solidariedade às vítimas e famílias do terrível ataque em Las Vegas. Deus os abençoe!"

O cantor de música country Jason Aldean se apresentava no momento em que foram ouvidos os tiros. Em publicação no Instagram, ele informou que toda a equipe do show está bem e disse que seus pensamentos e orações estão com as vítimas.

Ao menos dois policiais estão entre os mortos e outros dois ficaram feridos, disseram as autoridades. Nas redes sociais, pessoas relatam ter ouvido o barulho de disparos de armas automáticas.

Em razão do ataque, o Aeroporto Internacional de Las Vegas ficou fechado por cerca de uma hora e meia.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS