close
logorovivo2

INTERESSE: Empresas aéreas europeias estão de olho no mercado brasileiro

A Embratur está em conversações com alemães de aviação

EMBRATUR

12 de Março de 2019 às 15:41

INTERESSE: Empresas aéreas europeias estão de olho no mercado brasileiro

FOTO: (Divulgação)

A malha aérea é tema fundamental quando se trata de turismo de longa distância. Da Europa para o Brasil são aproximadamente 880 voos por mês. No total, são 274 mil assentos disponíveis para os turistas do velho continente virem para o Brasil mensalmente. Somente da Alemanha, atualmente, são cerca de 90 aeronaves com mais de 30 mil assentos acessíveis aos turistas internacionais.

 

Em busca da ampliação de rotas rumo ao Brasil, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) realiza, durante a feira ITB Berlim, uma série de reuniões com empresas aéreas, como o Grupo Lufthansa, a Latam e a Condor, que já realizam voos diretos do país germânico. 

 

“O Brasil há algum tempo está na casa dos 6 milhões de turistas estrangeiros. A meta é dobrar este número até 2022 e, para isso, é indispensável que nossos aeroportos passem a receber mais voos de outros países”, declarou a presidente da Embratur, Teté Bezerra.

 

“Estamos analisando outras oportunidades para o Brasil. Nossos clientes já vão da Europa ao Brasil por meio dos nossos hubs do Grupo Lufthansa. Nossa ideia é, no futuro, conectar o mundo ao Brasil através dos nossos hubs de todo o planeta”, frisou a vice-presidente de vendas da Lufthansa, Heike Birlenbach.

 

“A aviação é uma atividade intrínseca para realização do turismo. A globalização e a abertura comercial mundial acompanham esta escalada no movimento de viajantes ao redor do mundo. O Brasil, por seus recursos naturais e desenvolvendo uma agenda liberal que favorece o ambiente de negócios, poderá ter no turismo um catalisador para geração de divisas e empregos”, disse Alisson Andrade, assessor técnico da Embratur.

 

Em Berlim, no estande da Embratur, as secretarias de Turismo, de estados como do Rio de Janeiro, Pará e Bahia estão em contato com as companhias aéreas e aproveitando o ambiente da feira para atrair estas empresas e garantir mais desembarques em seus aeroportos.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS