close
logorovivo2

DESTINOS: Empresas aéreas fazem acordo e criam novas rotas na América do Sul

O acordo entre as empresas também inclui seus respectivos programas de fidelidade, TudoAzul e ConnectMiles

BRASILTURIS

13 de Novembro de 2018 às 08:15

DESTINOS: Empresas aéreas fazem acordo e criam novas rotas na América do Sul

FOTO: (Divulgação)

As companhias aéreas Azul e Copa Airlines anunciaram um acordo de codeshare nesta semana passada. Com a iniciativa, os clientes Azul terão acesso a uma das maiores malhas aéreas da América Latina, que inclui 80 destinos. No sentido oposto, os passageiros Copa vão poder viajar a 101 cidades brasileiras, sendo que 52 desses destinos não são operados por nenhuma outra companhia. O acordo já foi aprovado no Brasil e aguarda a posição das autoridades do Panamá.

 

Só nesse ano, a Copa Airlines anunciou cinco novas bases de operação: Salvador, Fortaleza e Campinas (Brasil), Bridgetown (Barbados) e Salta (Argentina), além de um outro acordo de codeshare com a Turkish Airlines. A Azul, do outro lado, é responsável por operar um terço de todos os voos nacionais, como destacou Abhi Shah, vice-presidente da Receitas da Azul, durante o anúncio do acordo.

 

A nova parceria permite que os passageiros das duas companhias comprem um único bilhete para toda a viagem, além de poder despachar a bagagem direto para o destino final. “É uma combinação perfeita. Os passageiros podem voar de qualquer ponto do Brasil para qualquer ponto da América Latina, uma oportunidade de conexão impressionante”, comemorou Shah.

 

O vice-presidente de Vendas da Copa, Cristophe Didier, ainda aproveitou a ocasião para destacar a chegada de 5 novos aviões Boeing Max até o final de 2018, cujo modelo é voltado para rotas  longas. “É só o começo de uma parceria que abre várias possibilidades. É uma ótima oportunidade para os brasileiros que adoram passar as férias no Caribe, por exemplo. O acordo só reforça a importância do Brasil para a Copa Airlines”, pontuou.

 

O acordo entre as empresas também inclui seus respectivos programas de fidelidade, TudoAzul e ConnectMiles. O resgate de pontos para os voos que envolvem as duas companhias começa a funcionar em dezembro de 2018.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS