close
logorovivo2

TURISMO: Raniery Araujo Coelho fala sobre projeto Porto Velho Sport Fishing

Porto Velho tem um grande potencial para isto, mas, carecia de um bom projeto, o que agora existe: o “Porto Velho Sport Fishing”.

GENTEDEOPINIAO

9 de Julho de 2018 às 10:19

TURISMO: Raniery Araujo Coelho fala sobre projeto Porto Velho Sport Fishing

Raniery Araujo Coelho FOTO: (Divulgação)

O turismo é uma atividade econômica extremamente importante porque para ser viável tem que, obrigatoriamente, exercer um papel transformador da sociedade, bem como promover inclusão social e gerar oportunidades de emprego e renda. Não pode existir, porém, um projeto de turismo de sucesso sem os seguintes requisitos: parceria dos setores público e privado, uma boa divulgação nos canais competentes e uma capacidade de atender bem o turista. Porto Velho tem um grande potencial para isto, mas, carecia de um bom projeto, o que agora existe: o “Porto Velho Sport Fishing”. 



Este projeto partiu do interesse dos empresários de pesca e do Sindicato dos Distribuidores de Bebidas do Estado de Rondônia - Sidiber, coordenado pelo empresário Cláudio Norio Hikague, que perceberam que existem inúmeros pontos de pesca, ancorado pelas belezas naturais; o que junto com um estudo sobre a icitiofauna do Rio Madeira, realizado pelos biólogos do Consórcio Santo Antônio, o qual catalogou mais de 800 espécies de peixes. São peixes nobres que vão desde o piracuru ao tambaqui até a jatuarana, e o tucunaré, além dos nossos grandes bagres. Era preciso, portanto, aproveitar a oportunidade e construir um projeto para transformar Porto Velho na capital nacional da pesca. 



Por isso, foi necessário a parceria da Fecomércio por meio do Conetur – Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade de Rondônia, um conselho que é composto por vários órgãos e entidades do trade do turismo, assim com a união de todos, foi desenvolvido o projeto Porto Velho Sport Fishing, tendo o  Governo do Estado, Sebrae, Prefeitura de Porto Velho, Porto Público de Porto Velho e Assembleia Legislativa de Rondônia como uns dos responsáveis do projeto. E outros recentes parceiros importantes, como a Infraero, Sicoob e o Consórcio Santo Antônio. 



Como primeiro e importante passo prático do projeto foi realizada a formação da 1ª turma de condutores de pesca do Brasil, ministrado pelo Senac Esplanada e Sebrae-RO. Como parte da carga horária houve aula prática de pescaria com experts no assunto, noções de culinária, manuseio correto de alimentos, além de empreendedorismo para que possam ao longo do tempo, serem donos do próprio negócio. A formatura dessa 1ª turma aconteceu no dia do lançamento do projeto, com a presença do Sr.Nelson Nakamura, que além de ser o padrinho do projeto, é também um dos maiores e conhecidos pescadores profissionais do País. 



Em seguida foi realizado o curso prático de pilotagem dessas embarcações de pesca para os profissionais que até então possuíam apenas experiência na pesca. Todos agora possuem Arrais para pilotar, tornando-se profissionais mais completos e regulamentados em suas áreas de atuação. 



É importante frisar que o Exmo. Governador do Estado, Dr. Daniel Pereira, para que o projeto atinja seus objetivos, determinou à Superintendência de Turismo (Setur), apoio total ao projeto, houve ainda por parte do Porto Público, três meses de gratuidade da descida de embarcações para atendimento aos amantes da pesca esportiva. A marina funciona aos sábados, domingos e feriados com estacionamento e vigilância, das 6h às 22 h. A gratuidade faz parte da parceria do Porto, por meio do presidente Leudo Buriti, o Conselho Empresarial do Turismo do Estado de Rondônia (Conetur) e apoio do Assembleia Legislativa – por meio do Dep. Leo Moraes.

 


Também, no dia 26 de abril de 2018, o prefeito de Porto Velho Hildon Chaves, em reunião com o Conetur e coordenadores do Porto Velho Fishing, anunciou que o projeto é o carro chefe do Plano Municipal de Turismo de Porto Velho. É com este tipo de união, que somamos competências para fazer muito mais com menos, e, certamente, iremos avançar no sentido de fazer o turismo ter um papel mais relevante no nosso desenvolvimento do nosso Município. 



Na mais nova etapa do projeto, a coordenação do Porto Velho Sport Fishing iniciou as visitas técnicas aos pontos de apoio existentes nos locais de pesca da região. A visita iniciou pela Salsalito Jungle Park, um hotel fazenda localizado entre Porto Velho e Candeias do Jamari, km 43 da BR-364, Marina Amazonas, com passagem pelo Rio Verde e terminando na bela cidade de Jaci-Paraná, um dos principais locais para pesca esportiva. São pontos que, apesar da grande estrutura, atrativos e belezas naturais, são poucos explorados pelos turistas, principalmente o de nosso Estado. 



Estamos trabalhando muito para que em breve tenhamos uma divulgação e estrutura condizentes e assim atrairmos o turista e fazer do Porto Velho Sport Fishing, um projeto modelo para outras cidades do Estado. 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS