close

SANEAMENTO: Hildon Chaves subiu nem 1% do índice em três anos, promessa era 100%

Chaves chegou a prometer 100%, isso em uma matéria publicada pelo portal UOL logo após sua vitória eleitoral

DA REDAÇÃO - JOÃO PAULO PRUDÊNCIO

28 de Janeiro de 2020 às 14:59

SANEAMENTO: Hildon Chaves subiu nem 1% do índice em três anos, promessa era 100%

FOTO: (Divulgação)

Uma recente reportagem veiculada em rede nacional pela TV Record neste último final de semana, mais uma vez trouxe a tona o mais grave problema enfrentado pela comunidade que mora em Porto Velho, capital de Rondônia, a ausência de serviço de saneamento básico.

 

Essa vergonhosa condição não é nenhuma novidade e foi um dos principais temas abordados pelo então candidato a prefeito da cidade no ano de 2016, Dr. Hildon, que na época chegou a garantir que caso eleito promoveria uma Parceria Público Privada – PPP, que colocaria um ponto final nesse problema.

 

“Quando Porto Velho surgiu há um século, a engenharia humana já tinha resolvido todos os principais problemas de infraestrutura. E hoje, século XXI, a população sofre e pessoas morrem simplesmente porque o descaso com o básico é gritante. Minha proposta é simples: através de uma parceria público-privada uma empresa será contratada para dar solução a estes problemas de rede de esgotamento sanitário com estações de tratamento; rede de distribuição de água potável de modo contínuo e rede de esgotamento de águas pluviais que vão acabar com as enchentes. Porto Velho merece mais! Vamos juntos, Porto Velho!”, disse Chaves na campanha.

 

Chaves foi eleito, está há três anos no comando da cidade e nada andou no que diz respeito á saneamento básico. A capital de Rondônia segue com a cidade de menor índice entre as capitais e sendo destaque negativo nacional por isso, a população continua sofrendo e  nada sendo feito.

 

Para ter uma noção, desde que tomou posse na prefeitura de Porto Velho em 01 de janeiro de 2017, Chaves não evoluiu meio por cento no que diz respeito ao saneamento básico, isso de acordo com os dados apresentados pelo instituto Trata Brasil entre 2016 e 2020.

 

Chaves chegou a prometer 100%, isso em uma matéria publicada pelo portal UOL logo após sua vitória eleitoral.

 

O fato é que a promessa de Chaves não se firmou, sequer iniciou, e durante os três invernos que em que ele é prefeito de Porto Velho sistematicamente afirma que grande parcela de culpa por enchentes, alagações e contaminações é da própria comunidade e seu péssimo hábito de descartar lixo nas ruas, entupindo os canais.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS