close

ESCOLA MARCELO CÂNDIA: Vereadora Ada Dantas pede faixa de pedestres elevada à Semtran

“No mínimo, deverá ser feita uma faixa de pedestres simples, porém, tentaremos que seja feita a faixa elevada, que por si só obriga os condutores reduzirem a velocidade. Precisamos garantir segurança aos estudantes e demais cidadãos que transitam pelo local”, finalizou a vereadora

ASSESSORIA

20 de Dezembro de 2019 às 11:48

ESCOLA MARCELO CÂNDIA: Vereadora Ada Dantas pede faixa de pedestres elevada à Semtran

FOTO: (ASSESSORIA)

Nesta sexta-feira (20), a vereadora Ada Dantas Boabaid (PMN) esteve em frente à Escola Marcelo Cândia, localizada na Rua Petrolina, Bairro Ulisses Guimarães, local para onde solicitou junto à Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran), a instalação de uma faixa de pedestres elevada, juntamente com uma lombada, visando reduzir a velocidade dos veículos que passam em frente ao colégio. Ada Dantas foi a vereadora que mais brigou pelo asfaltamento da Rua Petrolina, via que causava indignação aos moradores e comerciantes da região devido aos inúmeros buracos e lama.

 

Conforme informou a vereadora, a comunidade da Escola Marcelo Cândia necessita urgentemente de uma faixa de pedestres, além de uma lombada. “Durante a época das aulas o fluxo de estudantes e seus pais é constante, e muitos deles necessitam atravessar a via. Motoristas transitam em alta velocidade e sem a faixa para a travessia dos pedestres, a população fica a mercê da sorte”, disse Ada Dantas. 

 

Em contato com Coronel Kisner, secretário da Semtran, a vereadora foi informada que será feito estudo visando saber qual tipo de sinalização deverá ser instalado em frente à escola. “No mínimo, deverá ser feita uma faixa de pedestres simples, porém, tentaremos que seja feita a faixa elevada, que por si só obriga os condutores reduzirem a velocidade. Precisamos garantir segurança aos estudantes e demais cidadãos que transitam pelo local”, finalizou a vereadora. 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS