close

AVALIAÇÃO: Confúcio Moura sugere medidas protetivas à população no pacote anticrime

Parlamentar também falou sobre Medida Provisória “Verde e Amarela” que já tem 1,9 mil emendas e ainda não conseguiu ser aberta

ASSESSORIA

20 de Dezembro de 2019 às 09:45

AVALIAÇÃO: Confúcio Moura sugere medidas protetivas à população no pacote anticrime

FOTO: (ASSESSORIA)

Em discurso no Congresso Nacional nesta quarta-feira (18), o senador Confúcio Moura (MDB) avaliou o pacote anticrime apresentado pelo ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, como “muito conflituoso”, por isso, conforme lembrou, vem sendo muito debatido entre os especialistas em Direito.

 

Para o senador, a primeira impressão que se tem é que a população concorda com um arrocho. “Parece assim: Vamos fechar o cerco e prender todo mundo! Prender todo mundo e botar onde? Nós temos mais de 700 mil presos no país. Se fosse prender todos os criminosos, que já estão com mandado de prisão na rua, onde é que a gente iria colocar preso? Um na cabeça do outro? Subindo e subindo, igual a um Sputnik de preso em cima de preso? O negócio é relativo e é discutível”, afirmou.

 

Confúcio Moura concordou que prender o criminoso é realmente importante, entretanto, tão quanto importante também, na avaliação do senador, é tratar sobre a segurança do cidadão de bem. “O que é que estamos fazendo para proteger o cidadão que está trabalhando na rua? O que estamos fazendo para proteger as crianças vítimas de balas perdidas todo dia no Brasil? O que estamos fazendo na prática para proteger as mulheres que apanham diariamente, são assassinadas crassamente, epidemicamente e endemicamente no país?”, questionou.

 

Seguindo a linha de raciocínio de medidas preventivas contra a violência, o senador voltou a tocar o dedo na própria ferida. “Quais são os pacotes que chegam aqui para proteger e salvar as crianças ameaçadas, principalmente as crianças das escolas de periferia? Quais são as atitudes pacificadas, as palavras da não-violência que estamos ensinando às nossas comunidades e aos professores, para poderem transmitir essas ações importantes na prevenção contra a violência no Brasil?, isso é fundamental e precisamos tratar sobre essas questões de forma mais específica, eficiente e ampla”, sentenciou.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS