close

MEIO AMBIENTE: “Ambientalismo de resultado colocará RO em destaque”, diz governador Marcos Rocha

Para isso, ele defende a regularização de áreas, atividades e monetização dos recursos providos pela Amazônia Legal, gerando riquezas para a população

DA REDAÇÃO - JOÃO PAULO PRUDÊNCIO

3 de Dezembro de 2019 às 10:24

MEIO AMBIENTE: “Ambientalismo de resultado colocará RO em destaque”, diz governador Marcos Rocha

FOTO: (Divulgação)

Anualmente somas extraordinárias em dinheiro saem das florestas rondonienses de forma criminosa, são diversas as atividades ilegais dentro dessa área que é o maior patrimônio do povo rondoniense.

 

Nessa perspectiva, o governador do estado de Rondônia, Marcos Rocha (PSL), se manifestou sobre as ações que vem sendo tomadas para combater esses crimes de forma eficiente, prática e sem demagogias.

 

Rocha afirmou estar alinhado coma a política do Governo Federal de projetos focados no ambientalismo de resultados. Para isso, ele defende a regularização de áreas, atividades e monetização dos recursos providos pela Amazônia Legal, gerando riquezas para a população e mantendo as bases prioritárias de preservação.

 

“Transformar a Amazônia Legal em uma região competitiva economicamente, integrada ao país e sustentável de forma correta é uma das metas que Rondônia vai trabalhar completamente alinhada com o Governo Federal. Estou com o Ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente, apoiando e trabalhando em prol do programa ambientalismo de resultados, onde Rondônia será protagonista”, afirmou Marcos Rocha.

 

O meio de ação

 

São quatro pontos que o governo de Rondônia vem atuando dentro do projeto de ambientalismo de resultado: regularização fundiária, zoneamentos ecológico-econômico, monetização dos serviços ambientais e desenvolvimento da bioeconomia amazônica.

 

Para Marcos Rocha, o trabalho de regularização das áreas, promovendo a legalidade nessas regiões vem sendo realizado de forma incansável. “Estamos trabalhando incansavelmente desde o início do ano e já tivemos resultados. Estou em constante contato com o Nabhan Garcia, vice-ministro de assuntos fundiários”, disse.

 

O governador de Rondônia também deixa claro que está pronto para receber os recursos estrangeiros destinados a real valorização da Amazônia Legal, fato que não vinha acontecendo de forma efetiva nos últimos anos.

 

“É importante que todos os estados estejam alinhados para as reuniões climáticas que virão. Historicamente, o Brasil não recebeu da forma correta os recursos estrangeiros para manter a floresta preservada. A intenção é negociar valores e modelos justos, que correspondam a retornos reais para a população e preservação regional”, afirmou Marcos Rocha.

 

 

Destaque

 

Com essas metas de ações traçadas, o estado de Rondônia irá assumir um papel de destaque nesse tema que chama a atenção de todo o planeta, a Amazônia.

 

“No 19° Fórum de Governadores da Amazônia Legal, além desses pontos, finalizamos as negociações do valor de mais de 400 milhões que será trazido para a região Amazônica, oriundo do Fundo da Petrobras, apontados pela Operação Lava Jato. Alinhamos também os Protocolos para a Eficiência da Gestão Ambiental, em conjunto com procedimentos de regularidade ambiental”, finalizou o governador Marcos Rocha.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS