close

PREFEITURA: “É o mesmo que mandar outro cuidar da mulher”, diz deputado sobre intervenção

De acordo com o deputado, entre todos os municípios do estado de Rondônia, só Porto Velho apresenta um problema dessa gravidade

DA REDAÇÃO - JOÃO PAULO PRUDÊNCIO

29 de Novembro de 2019 às 15:25

PREFEITURA: “É o mesmo que mandar outro cuidar da mulher”, diz deputado sobre intervenção

FOTO: (Divulgação)

O deputado estadual Eyder Brasil (PSL) se manifestou na tribuna da Câmara dos Vereadores de Porto Velho nesta última semana, durante uma audiência promovida com manifestantes que cobravam o devido retorno do transporte escolar para estudantes da zona Rural da capital de Rondônia.

 

De acordo com o deputado, entre todos os municípios do estado de Rondônia, só Porto Velho apresenta um problema dessa gravidade, motivado pelo que ele considerou como uma “incompetência” dos atuais gestores municipais.


“Pasmem vocês, eu sou deputado estadual e responsável por todos os 52 municípios. Não vejo esse problema em nenhum dos outros 51 municípios, só aqui em Porto Velho. Essa é a nossa realidade, e é o mais rico; o que mais arrecada. Infelizmente essa é a realidade”, afirmou Eyder Brasil.

 

Ele ainda lamentou o fato de grande parte do poder Legislativo municipal se manter quieta em relação ao fato e não cobrar da forma incisiva com a qual o Executivo deveria ser cobrado em relação a um fato dessa gravidade. “Poucos vereadores tem coragem de se posicionar contra essa incompetência”, afirmou Eyder Brasil.

 

Atestado

 

O parlamentar estadual ainda garantiu que o “atestado” de incompetência da gestão executiva municipal da capital do Estado foi à intervenção do governo estadual no serviço de transporte escolar rural. Essa ação ocorreu após mais da metade do ano ter passado e as aulas não iniciarem para milhares de alunos.

 

Eyder ainda fez um comparativo para o caso. De acordo com ele, é a mesma coisa que um chefe de família aceitar outro homem dentro de sua casa para botar ordem nas coisas. Uma situação no mínimo constrangedora.

 

“Uma vez que a Justiça faz uma intervenção fica uma vergonha alheia. É como se a Justiça mandasse um outro marido cuidar da sua esposa na sua casa. Essa é a analogia que eu faço para essa situação. Essa intervenção não passa de um atestado de incompetência”, disse o deputado.

 

De acordo com o prefeito Hildon Chaves (PSDB) uma frota de ônibus será comprada pela prefeitura, e a partir de 2020, o ano de 2019 começará a ser finalizado à esses estudantes.

 

Veja vídeo:

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS