close

CONGRESSO: Léo Moraes encara diretoria da ANEEL e afirma que CPI está prestes a ser aberta

Léo Moraes afirmou que é necessário que sejam tomadas providencias pelo Congresso Nacional para que sejam restringidas as demandas responsáveis à ANEEL

ASSESSORIA

27 de Novembro de 2019 às 09:47

CONGRESSO: Léo Moraes encara diretoria da ANEEL e afirma que CPI está prestes a ser aberta

FOTO: (Divulgação)

O deputado Léo Moraes (PODEMOS) se reuniu  na manhã desta última terça-feira (27) em Brasília com deputados estaduais de Rondônia que compõe a comissão da CPI que investiga as ações da Energisa no Estado. Esse encontro contou com a participação da diretoria da ANEEL.

 

Incisivo em suas palavras, Léo Moraes afirmou que é necessário que sejam tomadas providencias pelo Congresso Nacional para que sejam restringidas as demandas responsáveis à ANEEL e que essas competências passem para o Ministério de Minas e Energia.

 

“É muito fácil o poder executivo falar que tem uma agencia reguladora e não interferem em nada deixando o povo a deus dará, mas estão sentados na mesma mesa todo dia. Não à toa que a energia elétrica só não dá mais lucro que o banco em nosso país”, afirmou o deputado Léo Moraes.

 

Trabalho na Câmara

 

Léo Moraes garantiu que já possui 52 assinaturas de congressistas que apoiam a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI, para investigar as ações da ANEEL dentro da Câmara Federal.

 

“A ANEEL está errada, inclusive temos que rever o comportamento dos diretores que lá estão. Apadrinhamento político traz severos problemas ao povo brasileiro, um retrocesso muito grande com essa conversa fiada”, exclamou Léo Moraes.

 

Contra a venda da CERON

 

No período em que exerceu o mandato de deputado estadual na Assembleia Legislativa de Rondônia, foi uma das principais vozes contrárias a venda da única distribuidora de energia elétrica no Estado.

 

“Se tivesse melhorado até  teríamos algo a debater, mas o serviço além de mais cara piorou, retrocedemos aos anos 80, quedas de energias constantes, o produtor rural está morrendo, vamos sim mobilizar o que for necessário em defesa de nossa população”, finalizou Léo Moraes.

 

O deputado segue em Brasília onde dá andamento aos trabalhos que coleta de assinaturas diálogo para a instalação da CPI da ANEEL.

 

Confira vídeo:

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS