close

AGENTES PENITENCIÁRIOS: “Foi injusto e infeliz”, diz Léo Moraes sobre vídeo de Rachel Sheherazade

No vídeo, a jornalista Rachel Sheherazade afirma que nas cadeias os “bandidos estão de ambos os lados”

DA REDAÇÃO

5 de Agosto de 2019 às 10:39

AGENTES PENITENCIÁRIOS: “Foi injusto e infeliz”, diz Léo Moraes sobre vídeo de Rachel Sheherazade

FOTO: (Divulgação)

O massacre ocorrido no presídio de Altamira (PA) nesta última semana chamou atenção da sociedade brasileira sobre a violência e criminalidade que vem ocorrendo dentro das carceragens brasileiras, servindo como alerta para o Estado de que uma ação conjunta entre os poderes públicos deve ser feita para evitar o avanço dessa condição que afeta diretamente quem vive fora da prisão.

 

No auge do debate, comentários infelizes e em até certo ponto maldosos, foram disparados contra os profissionais da segurança pública que trabalham dentro das unidades prisionais, é o caso do vídeo amplamente compartilhado pela jornalista Rachel Sheherazade, apontando a culpa do problema para os trabalhadores do sistema prisional, dizendo que nas cadeias os “bandidos estão de ambos os lados”.

 

Essas afirmações foram veementemente repudiadas pelo deputado federal Léo Moraes (PODE). Uma das principais vozes em defesa dos profissionais de segurança pública na Câmara Federal, o congressista considerou sem nexo e injusta as alegações da jornalista, uma vez que a valorização dos agentes penitenciários é a chave para o fim dessas barbáries e o caminho para o proposito de uma penitenciária, a ressocialização.

 

“A jornalista em questão se destaca por opiniões objetivas e de boa análise, porém dessa vez foi extremamente infeliz, as palavras ditas por ela, se não foram por desconhecimento, foi por maldade, é inaceitável que uma profissional com amplo alcance de pessoas que se alimentam de suas informações julgue uma categoria profissional de uma forma tão rancorosa e vil”, afirmou Léo Moraes.

 

Para Léo Moraes é necessário uma politica de real valorização desses profissionais. “Os agentes penitenciários e os servidores do sistema penitenciário precisam de planos de salário e carreira, eles lidam diretamente com o crime, precisam de uma condição de vida estável, de equipamentos e treinamentos, muitos trabalham em condições extremamente insalubres e ainda são chamados de bandidos por pessoas desinformadas e maldosas”, concluiu Léo Moraes.

 

Com o retorno das atividades no Congresso o deputado federal Léo Moraes segue sua pauta de trabalho, sempre levando a bandeira da valorização dos profissionais de segurança pública como fundamental questão para a efetiva redução da criminalidade em nosso país.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS