close

POR VICK BACON: Esquema criminoso de Lula foi entregue por Palocci na CPI do BNDES!

Confira a coluna de Victoria Bacon

POR VICTORIA BACON

4 de Julho de 2019 às 10:03

POR VICK BACON: Esquema criminoso de Lula foi entregue por Palocci na CPI do BNDES!

FOTO: (Divulgação)

Palocci disse que nota de risco de Angola foi rebaixada para garantir propina ao PT. O aval foi dado pelo ex-presidente Lula. Um total de 60 milhões foi o resultado das negociações encabeçadas por Lula e Palocci.

 

O ex-ministro Antonio Palocci afirmou na CPI do BNDES na terça, 2, que a nota de risco de Angola foi rebaixada para permitir que o BNDES aumentasse o volume de empréstimos que atendeu a obras da Odebrecht no país africano.

 

Palocci como réu durante depoimento ao então juiz federal Sérgio Moro em 2017 em uma das fases da Operação Lava Jato que o levou preso.

 

A esperança é de que mais e mais brasileiros vão percebendo o que eram esses indivíduos no início de seus mandatos/nomeações e o que se tornaram dada as riquezas produzidas pelo povo que os colocou no poder sob esperanças de dias melhores. São corruptos por natureza, não tem a ver com classe social ou etnia, o mau-caráter é isso mesmo, e ponto final. Vamos em frente esperando que cada vez mais pessoas enxerguem os fatos e possam ajudar a levar o Brasil para o seu devido lugar!

 

A manobra teria permitido que um conjunto de empréstimos saltasse de R$ 600 milhões para R$ 1 bilhão. Lula sabia de tudo e foi o maior arquiteto da Operação criminosa, afirmou Palocci na CPI do BNDES.

 

Aos deputados, Palocci afirmou que tratava assuntos relativos ao banco diretamente com o ex-presidente da instituição Luciano Coutinho. O depoimento à comissão foi feito a portas fechadas e envelopadas para evitar que o ex-ministro fosse filmado e fotografado. Assessores e imprensa não tiveram acesso. As declarações foram confirmadas por dois deputados presentes em suas Redes Sociais.

 

Ficamos sabendo a razão de o PT haver bloqueado o acordo Mercosul-UE: tratar com países sérios não traria os pixulecos que a alma mais honesta buscava. O rombo gigantesco é de tamanho inimaginável !!! O país estava nas mãos de “bandidos mafiosos”, uma quadrilha com tentáculos em outros países do mundo. Tais países são governados por ditadores igualmente bandidos, alguns no poder há décadas e já podre de ricos. Enfim, entramos nessa e estamos conseguindo sair . Ainda impunes estão Luciano Coutinho, mas tem também a Dilma Rousseff, o Sérgio Gabrielli, o Celso Amorim e muitos outros . Que cada um seja julgado e devidamente punido !!!

 

Ex-ministro de Lula e Dilma, o médico Antonio Palocci ocupou cargos estratégicos e importantes que lhe deram super poderes para negociar propinas.

 

É a primeira vez que Palocci fala na comissão instalada para investigar o uso do banco de fomento para alimentar o esquema de corrupção durante os governos do PT. O ex-ministro esteve à frente da Fazenda, no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e da Casa Civil, no governo da presidente cassada Dilma Rousseff.

 

Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara criada para investigar empréstimos do BNDES no exterior já reuniu, em três meses de funcionamento, informações que apontam para falhas do banco no financiamento de obras na Venezuela, em Cuba, em Algola e em outros países durante os governos do PT.

 

Esse Partido dos Trabalhadores, no governo de Lula e Dilma, assaltaram os cofres públicos, promoveram o caos e a desordem nas cidades e no campo, valorizou péssimas práticas no serviço publico, aparelhou estatais, infiltrou ativistas no judiciário... foram duas décadas perdidas para o Brasil, graças a esses miseráveis! Para roubarem 60 milhões, pegaram 1 bilhão e "deram" para outro país, corrupção é isto o estrago que ela faz é sempre dezenas de vezes maior que a propina....Enquanto isto os pobres continuam com escolas ruins, e morrendo nas filas dos postos de saúde.....Corrupção mata, Corrupção rouba o futuro das pessoas. Essa é a herança deixada por Lula e Dilma e ainda há gente, muita gente que os defenda!

 

Por que ainda não foi extinto o PT?

 

Momento que o ex-ministro Antonio Palocci chega ao Congresso Nacional em Brasília para ser inquirido na CPI do BNDES dessa terça-feira (02) de julho e revela o esquema de 60 milhões autorizado por Lula em 2009.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS