close

ESPAÇO ABERTO: Governo garante que transporte aeromédico não vai parar

Confira a coluna

RONDONIAOVIVO - CÍCERO MOURA

26 de Junho de 2019 às 08:09

ESPAÇO ABERTO: Governo garante que transporte aeromédico não vai parar

FOTO: (Rondoniaovivo)

DIFERENÇA DE VALORES

 

O Secretário Estadual de Saúde, Fernando Máximo, informou para este colunista na noite de ontem que Rondônia não vai ficar sem transporte aeromédico. Fernando reconheceu que há uma dívida com a empresa aérea  Rima e que assim que a CGE ( Controladoria Geral do Estado ) repassar o valor pendente a quantia será quitada. O Secretário diz que há uma diferença para menos entre os cálculos feitos pelo governo e o que a Rima alega estar pendente. Fernando afirma que a Rima teria feito transporte de paciente com aeronave inferior ao previsto em contrato.

 

 

NÃO PODE HAVER INTERRUPÇÃO DO SERVIÇO

 

Fernando Máximo informou ainda que a Rima não pode interromper o transporte de pacientes até que uma nova empresa seja contratada se realmente o contrato for suspenso. Segundo o Secretário, existem dispositivos legais que garantem a manutenção do serviço até a contratação de uma nova empresa.

 

 

 

 

 

 

RIMA

 

Procurado pela coluna, Gilberto Schefer, dono da Rima, informou que há um equívoco nas alegações do governo e que isto já teria sido demonstrado em planilhas que foram apresentadas pela empresa. Gilberto diz que todos os pacientes transportados pela Rima foram conduzidos em aeronaves  devidamente homologadas pela ANAC e que, em alguns casos, a empresa fez o serviço com aeronaves de ponta justamente para garantir que os pacientes fossem bem atendidos. 

 

 

RIMA 02

 

Gilberto explica ainda, que sua empresa estaria cobrando o menor valor do País por quilômetro voado. De acordo com o empresário, a Rima cobra R$ 17,80 o km voado sem cobrança de quilômetragem mínima. Gilberto afirma que em outros estados o valor mínimo só é cobrado em viagens superiores a 600 km entre ida e volta. No caso de Rondônia, o empresário garante que mantém o valor mínimo em viagens, por exemplo, para Ariquemes que não passam de 400 km entre ida e volta.

 

 

RIMA 03

 

Gilberto Schefer diz ainda que na maior parte do país o valor mínimo por km voado é de R$ 20,00 podendo chegar até R$ 26,00 se a empresa de táxi aéreo utilizar um avião a jato no transporte. 

 

 

 

 

 

ACRE

 

Em contato com uma empresa de táxi aéreo do estado do Acre, que atende a Secretaria Estadual de Saúde Acreana, a coluna descobriu que o valor mínimo por km voado é de R$ 21,00 para aeronaves não pressurizadas e R$ 24,00 para pressurizadas. 

 

 

MANAUS

 

Já em Manaus, a empresa que atende o governo do Amazonas cobra R$ 19,00 o km voado em aeronave não pressurizada e R$ 26,00 o transporte de pacientes em avião a jato.

 

 

LEGISLATIVO LIXO

 

Eduardo Oinegue, jornalista da Band News, chamou de lixo a Câmara de Vereadores de Porto Velho em uma programa matinal na manhã desta terça-feira (25). Oinegue comentou a reportagem do site Uol sobre a quantidade de crianças fora da sala de aula em Porto Velho e frisou o abandono do prefeito em relação ao tema educação. Disse que o governo municipal vira às costas para o futuro ignorando o quanto a educação representa para o desenvolvimento do País.

 

 

QUIETOS

 

Até o fim da tarde desta terça-feira ( 25 ) nenhum vereador de Porto Velho veio a público se manifestar sobre a repercussão negativa do tema educação, agora questionado também por um veículo de abrangência nacional. Parece que no momento a melhor estratégia é falar o menos possível sobre o assunto.

 

 

COMPLEMENTO

 

A reportagem do UOL, escrita pelo jornalista Felipe Corona, de Porto Velho, ganhou grande repercussão mesmo sem tocar no assunto impeachment do prefeito Hildon Chaves por conta da péssima gestão do transporte escolar. Fico imaginando o que teria dito Oinegue se soubesse que a Câmara jogou para debaixo do tapete o assunto  sem sequer colocar o tema em discussão no plenário.

 

 

Mande suas sugestões de pauta, fotos, denúncias ou reclamações para espacoaberto@rondoniaovivo.com.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS