close

CONGRESSO: “Deixem a população em paz”, diz Léo Moraes sobre cavaletes no aeroporto

De acordo com o parlamentar a presidente da INFRERO, Marta Sellier, deve tomar uma atitude sobre a situação atual do aeroporto

DA REDAÇÃO

24 de Junho de 2019 às 15:46

CONGRESSO: “Deixem a população em paz”, diz Léo Moraes sobre cavaletes no aeroporto

FOTO: (Divulgação)

O deputado federal Léo Moraes (PODE) questionou a atitude da INFRAERO, que decidiu nesta última semana bloquear o estacionamento em frente ao Aeroporto Internacional de Porto Velho com a colocação de cavaletes no local. Para o deputado, eles deveriam se preocupar com outras coisas e deixar a população em paz.

 

De acordo com o parlamentar a presidente da INFRERO, Marta Sellier, deve tomar uma atitude sobre a situação atual do aeroporto, já que volta e meia anda sujo e descuidado e ainda decide realizar uma ação que não é de sua competência para onerar ainda mais o cidadão que utiliza esse espaço.

 

“Essa é uma clara manifestação que eles são incapazes de proporcionar um ambiente favorável ao cidadão, isso é um trabalho do policiamento e fiscalização de trânsito, portanto cobramos satisfação e vergonha na cara da INFRAERO”, afirmou Léo Moraes.

 

O congressista ainda salientou a morosidade da INFRAERO em apresentar medidas que visem alfandegar o aeroporto de Porto Velho para que ele deixe de ser internacional apenas em seu nome. “Ainda no ano passado nos reunimos com funcionários da INFRAERO, entidades comerciais e Governo de Rondônia, que solicitou uma planilha de gastos para a possibilidade de alfandegar o aeroporto que seria custeado pelo poder público, porém até hoje essa planilha não foi apresentada”, disse Léo Moraes.

 

Mesmo considerado internacional, o Aeroporto Jorge Teixeira não possui alfandega ativa e não transporta ou recebe passageiros e mercadorias para outros países.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS