close

DECISÃO: Após cassação de Ikenohuchi, MPF opina por novas eleições em Candeias

A questão será julgada no Plenário do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RO) na próxima sexta-feira (17) a partir do meio-dia

ROND

16 de Maio de 2019 às 15:37

DECISÃO: Após cassação de Ikenohuchi, MPF opina por novas eleições em Candeias

FOTO: (Divulgação)

 Se depender do posicionamento da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE/RO), esta vinculada ao Ministério Público Federal (MPF/RO), o prefeito afastado de Candeias do Jamari Luis Ikenohuchi (DEM) continuará fora do cargo definitivamente.

 

Além disso, a procuradora Gisele Dias Bleggi apontou que o município deverá passar por novas eleições.

 

“Do exposto, inexistindo decisão judicial apta a suspender os efeitos da decisão da Câmara Municipal que determinou a cassação do Prefeito de Candeias do Jamari/RO, o qual sucedera ao cargo em razão do falecimento do titular, entende o Ministério Público Eleitoral pelo cabimento de realização de novas eleições para o cargo de prefeito e vice, na forma do art. 83, caput, da Lei Orgânica daquele município c/c arts. 29 e 30 da Constituição Federal”.

 

A questão será julgada no Plenário do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RO) na próxima sexta-feira (17) a partir do meio-dia.

 

Os envolvidos no processo são a Câmara Municipal de Candeias, representada pela advogada Cristiane Pavin, além dos partidos PROS, PMN e PSB, todos eles atuando através do eleitoralista Juacy Loura Júnior.

 

Ikenohuchi é defendido nos autos pelo advogado Manoel Veríssimo Ferreira Neto.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS