close
logorovivo2

ESPAÇO ABERTO: Presidente da Câmara chama de "erro pequenininho" nomeação de novos comissionados

Confira a coluna

RONDONIAOVIVO - CÍCERO MOURA

14 de Maio de 2019 às 10:00

ESPAÇO ABERTO: Presidente da Câmara chama de "erro pequenininho" nomeação de novos comissionados

FOTO: (Rondoniaovivo)

PORTAS FECHADAS


Foi uma correria na tarde desta segunda-feira (13) na Câmara de Vereadores de Porto Velho para tentar resolver uma ameaça de abandono coletivo da Mesa Diretora. A medida seria para provocar a renúncia do Presidente da Câmara Edwilson Negreiros por conta de atos isolados que estariam comprometendo todos os vereadores. Entre eles, muitas nomeações de comissionados em troca de um possível “alívio” nas críticas aos atos do prefeito. Uma reunião no gabinete do vereador Marcelo Reis com a presença da maioria dos vereadores, incluindo Negreiros, definiu uma trégua momentânea para o problema. Vamos aguardar e ver os próximos capítulos.

 

 

ROLANDO LERO  


No final da reunião, o vereador Edwilson Negreiros disse que toda a confusão não passou de um erro de digitação. O funcionário que redigiu o texto que aumenta o número de cargos por gabinete teria colocado 12 novos cargos em vez de 10. Segundo Edwilson um erro “pequenininho” de dois cargos a mais que passou despercebido e que ocasionaria "apenas" 44 novos cargos comissionados.

 

 

 

 


TUDO CANCELADO


O curioso no erro “pequenininho” na visão do vereador Edwilson Negreiros é que ele provocou a tomada de medidas administrativas que pretendem reduzir em 2 milhões e meio o gasto anual da Câmara. Na reunião, teriam sido acertadas redução de verba de gabinete, redução de verbas indenizatórias, e redução de cargos comissionados. Tomara que “erros pequenininhos” venham a ocorrer com mais frequência pois parece ser a única alternativa para evitar a farra de cargos comissionados.

 

 

PROMETE  BRILHAR

 

A secretária especial de Saúde Indígena (Sesai), Silvia Nobre Waiapi, nomeou equipe técnica. Primeira mulher indígena a integrar o Exército, ela virou coqueluche do Planalto. Já desengavetou projetos de 2005.

 

 

POR ONDE ANDAM?

 

Eles eram a “referência” no Congresso, mas parecem que de repente evaporaram. Parlamentares de Rondônia, em Brasília, afirmam que desconhecem o que andam fazendo Renan Calheiros (MDB-AL), Aécio Neves (PSDB-MG) e Romero Jucá (MDB-RR), sem bigode. Se fossem “trabalhar” bem longe já era de grande ajuda.

 

 

VAI TER QUE PAGAR


Desde ontem, segunda-feira (13), os passageiros  tem que prestar mais atenção ao tamanho da bagagem de mão para não ter uma despesa extra no embarque. Bagagens acima do tamanho padrão terão que ser despachadas.


A medida já estava em vigor nos aeroportos Juscelino Kubitschek (Brasília), Afonso Pena (Curitiba), Viracopos (Campinas/SP), Aluízio Alves (Natal), Confins (Belo Horizonte), Pinto Martins (Fortaleza), Guararapes (Recife) e Val-de-Cans (Belém). Será estendida para outros aeroportos e em breve deve atingir 100 por cento dos terminais. O despacho obrigatório, no entanto, ainda não está em vigor.

        
De acordo com a Abear, associação que reúne as aéreas brasileiras, o objetivo da medida é agilizar o fluxo dos clientes nas áreas de embarque e evitar atrasos.

 

Antes de entrar nas áreas de embarque, os passageiros terão que verificar se o tamanho e o peso das bagagens estão de acordo com os padrões definidos pelas companhias: 55 centímetros de altura, 35 centímetros de largura e 25 centímetros de profundidade, com até 10kg.

 

Em três companhias – Latam, Gol e Avianca Brasil – o valor da bagagem despachada varia entre R$ 59 e R$ 220. A Azul deixou a Abear no início deste mês. 

 


Reclamações contra as empresas áreas podem ser feitas pelo site consumidor.gov.br

 

 

 

 


TRAUMA ORTOPÉDICO


Nesta terça-feira (14), às 8h, o governo de Rondônia realiza a inauguração do  Ambulatório de Trauma Ortopédico (ATO). O ambulatório atenderá pacientes vítimas de traumas de pequena e média complexidade. Essa é mais uma medida para desafogar o fluxo de atendimento do Pronto Socorro João Paulo II. O ambulatório está localizado na avenida Jorge Teixeira, ao lado do Hospital de Base, antiga Unacom.

 

 

ATIRANDO PARA TODOS OS LADOS

 

Hildon Chaves (PSDB) parece estar sem rumo. Primeiro chamou de ato político a manifestação dos pais que fecharam a BR-319 em protesto contra a falta de transporte escolar. Agora, o problema é a procuradora do Ministério Público de Contas, Érica Saldanha, esposa do deputado federal Léo Moraes. 


 
Em Nota Oficial, Hildon Chaves diz que entende que a procuradora em questão não tem a isenção necessária para atuar em quaisquer processos relacionados a gestão municipal, pois teria interesse pessoal nos assuntos relacionados à Capital. Érica Saldanha se manifestou pela suspensão da licitação do transporte urbano coletivo. 

 


Em entrevista para um programa de rádio, o prefeito de Porto Velho deu a entender que poderia haver uma mágoa antiga por conta dele ter vencido a eleição contra Léo Moraes. Olha meu caro prefeito, que bom seria para a população se o único problema de Porto Velho fosse apenas a vaidade pessoal entre candidatos vencedores e derrotados.

 

 

 

 

 

OUTRO RETRATO DO DESCASO

 

Terrenos abandonados e calçadas sujas. Um risco para quem cruza por este ponto no bairro Agenor de Carvalho. E repare que esse local nem é muito afastado da área central da cidade. A população mandou, junto com as fotos, uma pergunta sobre onde estariam os homens públicos que possam resolver a questão. Indicamos dois endereços: rua Dom Pedro II , em frente à Catedral, e avenida Calama com rua Belém. Sabemos que ficam sediados nesses locais, mas se algo realmente vai ser feito isso é outra questão. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CONGRESSO INTERNACIONAL DE MEDIAÇÃO E CONCILIAÇÃO 

 

Vem aí o II Congresso Internacional de Mediação e Conciliação. O evento, que será de 20 a 22 de maio, visa ser um espaço de divulgação do esteio teórico e metodológico da política nacional de tratamento adequado de conflitos de interesses à luz da legislação atual, com o objetivo de contribuir para a consolidação e amadurecimento das suas práticas.


Especialistas de atuação nacional e internacional, com vasta experiência em gestão e resolução de conflitos, operadores do Direito e outros profissionais que atuam com métodos autocompositivos, participarão de palestras, minicursos, rodas de conversa e trocas de experiências, fomentando discussões e reflexões sobre as práticas autocompositivas em diversos temas trazidos a apreciação do Judiciário. Mais informações podem ser obtidas no Tribunal de Justiça de Rondônia.

 

 

EXONERAÇÕES


Uma fonte da Assembleia Legislativa de Rondônia garante que não passa dessa semana as exonerações dos diretores de autarquias e fundações exigidas pelos deputados. As nomeações foram feitas pelo governador Marcos Rochas sem passar os nomes para apreciação da AL. O caso vinha sendo discutido juridicamente já que não se sabia o que poderia ocorrer em relação aos atos já realizados pelos respectivos servidores comissionados.

 

 

Mande suas sugestões de pauta, fotos, denúncias ou reclamações para espacoaberto@rondoniaovivo.com.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS