close
logorovivo2

ESPAÇO ABERTO: Em 100 dias governo afirma economia de R$ 85 milhões

Confira a coluna

RONDONIAOVIVO - CÍCERO MOURA

16 de Abril de 2019 às 08:24

ESPAÇO ABERTO: Em 100 dias governo afirma economia de R$ 85 milhões

FOTO: (Divulgação)

BALANÇO

 


Na primeira entrevista coletiva com jornalistas o Governador Marcos Rocha apresentou um balanço do trabalho realizado nos primeiros 100 dias de governo. Citou enxugamento da máquina, contenção de gastos e projetos prioritários obedecendo uma ordem de necessidades. Colocou saúde, educação e segurança na linha de frente dos investimentos.

 


BALANÇO 02 FALTA DE RECURSOS


O governador falou de despesas realizadas após a elaboração da Lei Orçamentária Anual de 2019 – LOA – que não apresenta os impactos já sentidos no orçamento. Ele citou alguns exemplos como a falta de R$ 120 milhões para a Saúde e pouco mais de R$ 100 milhões para a Segurança. Citou também a dívida do Beron que chega a R$ 17 milhões por mês, ou seja, algo em torno de R$ 400 milhões em necessidades orçamentaria que não estavam previstas na LOA. O governador anunciou que irá apresentar no segundo semestre deste ano um Projeto de Lei que será encaminhado para a Assembleia Legislativa para alteração da Lei Orçamentária Anual de 2019. Ele diz que só assim será possível iniciar uma nova fase do modelo de planejamento público em Rondônia.

 

 

 

 

 


BALANÇO 03 SAÚDE


Na área de Saúde, o governador afirmou que está com as atenções voltadas para resolver o problema caótico do Hospital João Paulo II. Citou  a possibilidade de contratação de leitos ociosos em hospitais particulares para remanejar pacientes que hoje se encontram instalados nos corredores do maior hospital do Estado. Disse que o governo está trabalhando para a solução do problema inclusive com uma aproximação com a Assembleia Legislativa para que o antigo prédio do Legislativo Estadual possa ser utilizado, desde que passando antes por adequações. No entanto, o grande objetivo do Estado é buscar condições para a construção de um novo Hospital de Urgência e Emergência. 

 


BALANÇO 04 SEGURANÇA


Na área de Segurança Pública, Marcos Rocha destacou a entrega de 30 novas viaturas modernizadas com sistema mobile integrado que irão reforçar às ações desenvolvidas pela Polícia Militar. Destacou  também a substituição de 300 veículos para garantir mais eficácia na atuação das polícias do Estado. A proposta do governador é garantir uma redução de 30% nos índices de crimes contra o patrimônio em todo o Estado.

 


BALANÇO 05 SOLIDARIEDADE


Marcos Rocha citou também as medidas adotadas para atender mais de 300 famílias de comunidades ribeirinhas atingidas pela cheia do rio Madeira. O governador destacou também pacotes e metas elaborados para ainda este ano. A começar nos próximos dias com a entrega de mil títulos de terra definitivos para famílias que, segundo ele, pode já ocorrer durante a realização da Rondônia Rural Show.

 


BALANÇO 06 CAMPO


Na agricultura, o governador falou sobre as ações do governo nos últimos 100 dias que disponibilizaram cerca de 1.250 toneladas de calcário aos 52 municípios como parte do Programa Mais Produção.

 

 

BALANÇO 07 ECONOMIA


A redução de passagens aéreas e diárias também foram enfatizadas pelo governador que pode garantir uma redução prevista entre 18% e 20%. Reduções projetadas de no mínimo 10% ao ano em combustíveis e manutenção da frota do governo.

 


BALANÇO 08 EDUCAÇÃO


Na Educação, o governo já trabalha no sentido de garantir a implantação do Projeto Estudante Auditor que irá facilitar ao aluno um intercâmbio com o governo acerca do monitoramento dos estabelecimentos educacionais no que se refere a estrutura física. A grande novidade também será a ampliação de novas unidades do Colégio Tiradentes da Polícia Militar, o que pode ocorrer até 2020, bem como do Colégio D. Pedro, do Corpo de Bombeiros.

 


REVITALIZADO


A Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano (Emdur), entregou as obras de revitalização do Parque da Cidade. Instalado há 10 anos, maio de 2009, o parque é obra de compensação do Porto Velho Shopping e precisava ser revitalizado.


Thiago Tezzari, presidente da Emdur, apresentou a instalação de duas academias a céu aberto, bem como a revitalização dos pisos, modernização e adaptação dos banheiros públicos e, ainda, a conversão de um espaço em um fraudário, para que as mães utilizem o local com maior conforto.


Foram investidos R$ 200 mil de recursos próprios, com execução direta dos serviços. Segundo Tezzari, a Emdur detém uma expertise em mão de obra, o que facilita essas ações.

 

 

 

 

 

 

 

 


FALANDO EM SHOPPING


Acredito que não só o entorno do shopping deve ser cuidado mas o próprio visual do Shopping poderia melhorar. Paredes desgastadas e sujas dão  impressão de descaso e pouco interesse com aparência. E não deve ser por falta de dinheiro pois só a arrecadação com estacionamento é algo extremamente rentável. E nem adianta vir dizer que o serviço é terceirizado pois o detentor do uso, é claro, pagou por isso.

 


APARECEU


O apostador que ganhou sozinho R$ 4,6 milhões na Lotomania, em Vilhena, recebeu o prêmio em Tangará da Serra-MT, onde reside. O felizardo demorou 60 dias para retirar o dinheiro. A validade dos prêmios das loterias da Caixa é de 90 dias a contar da data do sorteio. E quase que Vilhena faz outro milionário. Por apenas um número, um apostador da cidade poderia ter faturado mais de R$ 70 milhões da Mega Sena, sorteado no dia 02 de março. Mesmo assim, o “meio-sortudo” embolsou mais de R$ 42 mil. Na semana passada, a Lotofácil teve um ganhador em Porto Velho que levou mais de R$ 1 milhão e 60 mil reais. O prêmio, segundo a Caixa, já foi retirado. Que os bons ventos da sorte continuem mandando boas premiações para Rondônia. Falando nisso, o cartão da Mega para amanhã (17 de abril), que deve pagar cerca de 52 milhões, já está Prontinho, agora só cruzar os dedos.

 

 

Mande suas sugestões de pauta, fotos, denúncias ou reclamações para espacoaberto@rondoniaovivo.com

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS