close

ESPAÇO ABERTO: Prefeito se diverte com secretários apostando corrida só de cuecas

Confira a coluna, por Cícero Moura

RONDONIAOVIVO

18 de Fevereiro de 2019 às 08:53

ESPAÇO ABERTO: Prefeito se diverte com secretários apostando corrida só de cuecas

FOTO: (Rondoniaovivo)

BOTULISMO: AMOSTRAS VÃO SER ANALISADAS


Rigor na investigação, aplicação de soro antibotulínico e acompanhamento do atendimento às vítimas durante dez dias são as principais medidas tomadas pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) para socorrer oito pessoas expostas num churrasco no final da semana passada em São Miguel do Guaporé, a 522 quilômetros de Porto Velho.
Das vítimas do botulismo (Clostridium botulinum), cinco apresentaram sintomas e seguem internadas no Hospital de Urgência e Emergência Regional em Cacoal com queda de pálpebra, diplopia (percepção de duas imagens de um único objeto), dificuldade de fala, de respiração e para engolir. 

 

Na quinta-feira (14), as equipes que fazem a investigação sanitária trouxeram para Porto Velho amostras bromatológicas (de alimentos consumidos no churrasco), e da Capital elas serão enviadas para análises no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. Ontem (13), o Lacen encaminhou amostras de sangue coletados dos pacientes.


Nesse tipo de botulismo (alimentar*), neurotoxinas atacam os nervos das pessoas, fazendo cair a musculatura da língua, da pálpebra e do céu da boca. Quando elas entram na corrente sanguínea, primeiramente se alojam em nervos cranianos.


Das oito pessoas  que participaram do churrasco, cinco adoeceram e três são acompanhados 24 horas, pois, mesmo sem sintomas da doença, devem ser monitorados em até dez dias, período em que estão sujeitos a contraí-la.


A quinta paciente estava com leves sintomas, porém, piorou e precisou ser entubada. Duas crianças que estão em Alvorada d’Oeste atendidas e liberadas pelo hospital vêm sendo observadas e avaliadas por uma enfermeira da cidade.

 

 


DINHEIRO PARA PESQUISA


A cadeia científica do Estado de Rondônia é promovida por meio de investimentos em pesquisas na Piscicultura e no Agronegócio. O Conselho de Desenvolvimento (Conder) disponibilizou mais de R$ 3 milhões por meio do Fundo de Investimento e Desenvolvimento Industrial (Fider), mediados pela Superintendência Estadual de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura (Sedi), e fomentados através de editais pela Fundação Rondônia de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas Tecnológicas e à Pesquisa (Fapero).


O Conselho contribui na construção e qualificação da produção do Estado de forma econômica. A perspectiva de legado, com ações de pesquisa e desenvolvimento nesses setores, consolida uma base para maiores investimentos e interesse de investidores. As pesquisas podem gerar produtos como um relatório técnico ou boletim, ou uma patente, definidos pelos pesquisadores.

 

 


QUASE 300 MIL JOVENS LONGE DAS DROGAS

 

Há 18 anos sendo desenvolvido pela Polícia Militar de Rondônia, o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), já atendeu a 273.507 estudantes em todo o estado. Com prevenção às drogas em escolas municipais e estaduais, utilizando metodologia socioemocional elaborada pelo centros de formação distribuídos no país, o programa foi criado nos Estados Unidos em 1983, com o objetivo de reduzir o número de crianças e adolescentes envolvidos com as drogas e a violência.


Segundo o coordenador estadual do Proerd, tenente PM José Dias Neto, foram atendidos um total de 32 municípios. Somente no último ano, aproximadamente 60 escolas foram contempladas com ações voltadas ao público infantil e, ainda, 98 escolas com alunos do 5º ano, e 13 instituições com estudantes do 7º ano.


Para este ano de 2019, o coordenador destaca a realização do 1º Encontro Pedagógico de Instrutores do Estado, que deve nivelar o conhecimento dos instrutores.

 

 

DOAÇÃO DE SANGUE


O  Governo de Rondônia convoca doadores de sangue A+ e O-, que estão em estoques críticos, para garantir cobertura nas necessidades do Estado no período de Carnaval.


O hemocentro passou por estágios críticos de escassez das bolsas com tipagens sanguíneas comuns, principalmente A+ e O+, nos últimos três meses e trabalha com ações internas para conscientização e promoção da doação. A preocupação no momento continua com o tipo A+ e O-.


Na programação pré-carnaval, os parceiros estão auxiliando o abastecimento de bolsas de sangue na Fhemeron. A Base Aérea de Porto Velho e o Tribunal de Justiça participam nesse mês de fevereiro, o Ministério Público está organizando uma campanha para doação de sangue e medula óssea, e as demais parcerias continuam, como as igrejas, dentre outras. Durante os dias de carnaval a Fhemeron deve funcionar em um dos pontos facultativos, na segunda ou quarta-feira, alinhados ao Hemoam, em Manaus, que é uma força auxiliar no processo de sorologia, realizando testes específicos para atestar a qualidade do sangue e liberar a bolsa para a doação, procedimento que deve acontecer em consonância ao funcionamento nos dois Estados.

 

 

 

 


MARIA DA PENHA


Sargento Roseneide, Chefe da Patrulha Maria da Penha do 5º BPM, manda para a coluna um balanço das atividades. Além de Porto Velho a patrulha também atua nos municípios de Itapuã do Oeste, Candeias do Jamari e Distrito de Triunfo. O balanço é referente ao período entre 03 de abril à 28 de dezembro de 2018, oriundos do 1º e 2º Juizado de Violência doméstica e Familiar. 

 

 

 

 

 


ATENDIMENTOS REALIZADOS    


1 - Vítimas cadastradas 1.176
2 - Visitas realizadas 1.036
3 - Medidas Protetivas de Urgência ativas 971
5 - Certidões de Fiscalização de Medida Protetiva com Retorno do (a) Companheiro (a) ao Lar (informada pela demandante ou terceiros) 36
6 - Certidões de Vítima em Situação de Vulnerabilidade 86 
7 - Certidões de Término da Medida Protetiva de Urgência (Revogada/Extinta) 60
9 - Prisões em flagrante realizadas pela Patrulha Maria da Penha por crime de violência doméstica e familiar  03
10 – Registro de ocorrência por descumprimento de MPU, Lei 13.641/18. 06
11 - Casos graves em acompanhamento 11
12. Bairros com maior incidência de MPU    

 


SOCIALISTA    53

APONIÃ     12

NOVA ESPERANÇA     11

JARDIM SANTANA     08

NOVA PORTO VELHO     10

MARIANA     12

 

1.    Relação de outras Cidades e Distritos e suas incidências de Medidas Protetivas de Urgência:

 

DISTRITO DE JACI PARANÁ    01

DISTRITO DE SÃO CARLOS    01

DISTRITO DE UNIÃO BANDEIRANTES    01

DISTRITO DE NOVA MUTUM PARANÁ    02

DISTRITO VISTA ALEGRE DO ABUNà   03

CANDEIAS DO JAMARI    24

CAMUTAMO/AM    03

ITAPUÃ D’OESTE    14

LINHA TRIUNFO    03

 

A sargento esclarece que os números são considerados muito positivos tendo em vista que em candeias, Itapuã d’Oeste e Linha Triunfo muita gente ainda não teria conhecimento do trabalho e das ações da Patrulha.

         

                                             
SÓ DE CUECAS


Um vídeo inusitado que circulou nas redes sociais nesta sexta-feira (14) mostra o prefeito do município de Santo Antônio de Leverger (35 km de Cuiabá), Valdir Pereira de Castro Filho (PSD), o “Valdirzinho”, torcendo e comemorando após dois servidores da prefeitura apostarem corrida de cueca em uma região rural do município.Um dos “atletas” é o ex-vereador e atual chefe de cerimonial, Marcos Felipe Pedroso. Já o outro, é um assessor da secretaria de Obras, conhecido apenas como Nelson. Fontes afirmam que o secretário de Obras, Izaías Vieira Pires Junior, seria o responsável pelo tiro que foi dado para anunciar a largada. Também aparece no vídeo um possível secretário de Administração conhecido popularmente como “Tatá” e um assessor do prefeito, conhecido como Jhonny.

 

 

 

 

Valdirzinho já é bastante conhecido por suas polêmicas. Em 2017, o Ministério Público Estadual (MPE) pediu a cassação do gestor e da vice-prefeita, Francieli Magalhães de Arruda (PTdoB) por abuso de poder político na campanha eleitoral de 2016. Também já foi acusado dos crimes de peculato (desvio de recursos) e apropriação indébita de um R$ 1 milhão referente a empréstimos consignados dos servidores. Também já foi denunciado ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) por falta de transparência e de realizar gastos com pessoal acima do limite previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Já pensou se essa moda pega e vem para Porto Velho.

 


NOVO CARGO PARA PRIMEIRA DAMA


Durante reunião dos secretários de Assistência Social de todos os Estados brasileiros, que compõem o Fórum Nacional de Secretários de Estado da Assistência Social (Fonseas) e a Comissão Intergestores Tripartite (CIT), realizado na terça-feira (12) e quarta-feira (13), em Brasília, a secretária de Assistência e do Desenvolvimento Social e primeira-dama de Rondônia, Luana Rocha, foi eleita como suplente aos cargos de representante da região Norte da CIT e Conselho Fiscal do Fonseas.


Inicialmente com a pauta administrativa, a secretária de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho do Estado de Mato Grosso do Sul, Elisa Cleia Pinheiro Rodrigues Nobre, tratou da eleição aos cargos e das questões financeiras referentes à manutenção das estruturas da CIT e Fonseas. Anualmente os secretários encaminham um valor para custeio de diversas ações do conselho. O valor de referência para cada estado ficou em R$ 15 mil por ano.

 

 

 

 


NEGOCIADOR DE ALTA COMPLEXIDADE


Nesta segunda-feira (18), às 9h, no auditório do Tribunal de Contas, inicia o curso de Negociador em Ocorrências de Altíssima Complexidade destinado a oficiais e praças da Polícia Militar de Rondônia e delegados da Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal. O objetivo do curso é capacitar policiais ao exercício da atividade de negociação em situações de crises de natureza policial, tais como: vítimas ou reféns localizados, entre outros tipos de ocorrências, visando aumentar a capacidade de estudo e analise de cenários, aplicando técnicas com precisão. O  auditório do Tribunal de Contas fica na  Av. Presidente Dutra, 4229 – Olaria.

 

 

EYDER BRASIL


O deputado estadual Eyder Brasil parece estar fazendo bem a lição de casa. Durante a campanha eleitoral e também após a eleição usou bastante as redes sociais e em determinado momento, talvez movido pelo clima Bolsonarista, criticou a imprensa como um todo sem pontuar o que ou quem o teria aborrecido. Foi duramente criticado por isso, inclusive na caserna da capital onde o alto escalão tem excelente trânsito junto a imprensa, e depois tentou se explicar. Desde o fim do ano passado Eyder tem aparecido em eventos com jornalistas e demonstrado cordialidade. No sábado ele esteve na feijoada da Banda do Vai Quem Quer. Muito boa a iniciativa, apaga o desconforto do passado e abre caminho para divulgar naturalmente suas ações e projetos.

 

 

LÉO MORAES


O deputado federal Léo Moraes é outro que sempre que pode aparece em eventos onde há grande concentração de jornalistas como foi o caso do evento da Banda do Vai Quem Quer. Léo tem bom trânsito em toda a imprensa e já começa o mandato comprando briga em favor do povo de Rondônia. Fez uma self na semana passada se mostrando contrário ao aumento da tarifa de energia no Estado e prometeu “entrar com tudo” para garantir que o povo não seja prejudicado. 

 

 

 

 

BANDA DO VAI QUEM QUER

 

E por falar na BVQQ a coluna não poderia deixar de elogiar o trabalho da sempre simpática, agradável e competente (não necessariamente nessa ordem) Siça Andrade. Dona de um fôlego sem tamanho Siça se vira nos 30 para manter a BVQQ firme e forte. Para o carnaval deste ano, além do tradicional “arrastão” a Banda do Vai Quem Quer também estará à frente do Ressaca Folia. O evento vai acontecer no dia 05 de março no clube da OAB, na avenida Rio de Janeiro, na capital. A folia começa ás 12h00 e vai até à meia noite. A entrada será livre para quem tiver a camiseta da BVQQ.

 

 

 

 

SITUAÇÃO INSUPORTÁVEL

 

Morador do condomínio Águas do Madeira, Silvio Batista, tirou fotos do empreendimento Alfa Food Park que segundo Silvio fica localizado ao lado do prédio onde ele mora. Silvio diz que além do lixo jogado a céu aberto, que junta urubus, ratos, baratos e moscas, as pessoas estão convivendo com musicas e som alto ao vivo nos fins de semana que se estendem pela madrugada. Vários moradores já teriam se mudado e colocado à venda seus imóveis. Muitas placas de vende-se estão espalhadas pelos apartamentos. O caso foi denunciado para a Sema há alguns dias mas até agora ninguém teria dado um retorno.

 

 

 

 

 

Mande suas sugestões de pauta, fotos, denúncias ou reclamações para espacoaberto@rondoniaovivo.com

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS