close

POSICIONAMENTO: Laerte Gomes cobra Seduc sobre exclusão do 3° ano em tempo integral

Escola estadual de Ji-Paraná é referência de ensino e ocupou primeiro lugar no ranking do Enem municipal em 2018

ALE/RO

25 de Janeiro de 2019 às 14:52

POSICIONAMENTO: Laerte Gomes cobra Seduc sobre exclusão do 3° ano em tempo integral

FOTO: (ALE/RO)

Ao tomar conhecimento sobre o fim do 3° ano do Ensino Médio em tempo integral da Escola Estadual Jovem Gonçalves Vilela, situada em Ji-Paraná, o deputado Laerte Gomes (PSDB) cobrou uma posição da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) para resolver a questão.

 

O parlamentar disse ser solidário aos professores e alunos do Jovem Vilela que também discordam da extinção do 3° ano em tempo integral.

 

"Eu entendo a indignação e revolta dos alunos, pais e professores, afinal, a Escola Jovem Vilela sempre foi uma referência no ensino de Ji-Paraná e destaque em todo o Estado, por sempre alcançar excelentes índices educacionais. Por isso já cobrei uma posição da Seduc para que possamos reverter esse quadro", declarou Laerte Gomes.

 

O parlamentar destacou que o período integral do Jovem Vilela é um projeto que sempre deu certo e bons resultados, "por isso estamos prontos para sentar junto com os representantes do governo para evitar essa retirada do 3° ano integral da escola", afirmou Laerte.

 

Segundo texto publicado nas redes sociais por um ex-aluno da instituição, em 2018, por falta de recursos, a escola deixou de oferecer aos alunos a principal refeição do dia, o almoço.

 

Ainda de acordo com o relato de Gabriel Sperandio, o Jovem Vilela ocupou o primeiro lugar no ranking do Enem municipal em Ji-Paraná, também em 2018.

 

"Uma verdadeira revolução no ensino de jovens que anseiam por uma vida melhor através da educação", cita Sperandio.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS