close
logorovivo2

TECNOLOGIA: Deputados da Comissão Especial do Iperon conhecem sistema E-estado

Com a digitalização de todas as informações funcionais, servidores terão acesso on-line de toda progressão funcional em segundos

ALE/RO

29 de Outubro de 2018 às 16:06

TECNOLOGIA: Deputados da Comissão Especial do Iperon conhecem sistema E-estado

FOTO: (ALE/RO)

Os deputados Léo Moraes (Podemos) e Anderson do Singeperon (Pros) estiveram na governadoria do Estado com técnicos da Superintendência Estadual de Gestão de Pessoas (Segep) para conhecer e verificar o andamento da implantação do Sistema E-estado.

 

Segundo o governador Daniel Pereira (PSB), o Estado demorou muito para iniciar este trabalho devido a vários fatores e afirmou que “estamos na idade da pedra neste quesito“. No entanto, ressaltou a agilidade que agora está sendo desenvolvida para digitalizar todas as fichas funcionais dos servidores que é feita de forma manual, uma a uma.

 

O procurador do Estado que atua na Segep, Thiago Denger Queiroz enfatizou a parceria que foi firmada com o Ifro onde foram disponibilizados 50 estagiários para auxiliar na execução de toda a digitalização. “A pedido do governador estão sendo priorizadas as fichas de servidores mais antigos para os atuais”.

 

Após os lançamentos dos dados no sistema, os servidores terão acesso on-line ao seu contracheque e também a toda a sua progressão funcional, contendo todos os registros de férias, licenças, cursos etc.

 

O sistema E-estado foi apresentado aos parlamentares pelo diretor da Escola de Governo Giordani Lima, que mostrou como será realizado o acesso pelos servidores do Estado.

 

 

 

 

Informações que antes levavam até um ano para serem disponibilizadas, agora serão acessadas em minutos, após um clique”, disse Giordani.

 

O novo sistema será apresentado pelo governador no próximo dia 30 de novembro, mas as digitalizações seguem até o dia 14 de dezembro. O interessante frisou Giordani, é que todas as pessoas que tiveram vínculo com o Estado terão acesso para comprovar o tempo de serviço prestado.

 

Os deputados ficaram impressionados com o sistema, no entanto, questionaram como será a agilidade das aposentadorias, tendo em vista que outros estados como o Acre e Santa Catarina aposentam servidores em horas.

 

O procurador Thiago frisou aos deputados Léo e Anderson que a agilidade não depende mais do governo e sim do Iperon, mas que os técnicos do governo e do Instituto estão tentando a integração dos dois sistemas para que a aposentadoria seja célere.

 

 

Com a conclusão da apresentação os parlamentares resolveram convidar para uma próxima reunião da Comissão os técnicos responsáveis pelo sistema bem como do Iperon para que falem sobre a integração e agilidade nas aposentadorias para daí ser lavrado o relatório conclusivo.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS