close
logorovivo2

SINSEPOL : Com apoio de Léo Moraes, pagamento de precatórios aos servidores são autorizados

A garantia foi dada por meio de um ofício de ordem de pagamento emitido pelo Tribunal de Justiça de Rondônia no início deste mês.

ASSESSORIA

9 de Agosto de 2018 às 15:19

SINSEPOL : Com apoio de Léo Moraes, pagamento de precatórios aos servidores são autorizados

FOTO: (Assessoria)

Após mais de 20 anos de espera, servidores da Polícia Civil de Rondônia receberão o pagamento parcelado dos precatórios do salário mínimo. A garantia foi dada por meio de um ofício de ordem de pagamento emitido pelo Tribunal de Justiça de Rondônia no início deste mês.

 

O precatório é o primeiro do estado em que as tratativas foram proveitosas, com cláusulas pactuadas entre o governo e o Sindicato dos Servidores da Polícia Civil de Rondônia (Sinsepol). O recurso será creditado individualmente na conta de cada filiado com valor da entrada correspondente a 41,01952% do valor total do crédito. Ao todo, serão cinco parcelas, sendo paga uma a cada quatro meses.  

 

O Deputado Estadual Léo Moraes acompanha a luta da categoria e por diversas vezes intercedeu para que o direito dos servidores fosse garantido.

 

“Foram muitas reuniões, solicitações, indicações e diálogos para essa vitória. Estivemos juntos com os servidores e agora desfrutamos da conquista. Eu parabenizo aqui a competência de todos e enfatizo a vontade de resolver, por parte do poder judiciário e Governo de Rondônia. ” Relatou o parlamentar.

 

Rodrigo Marinho, presidente do Sinsepol agradeceu a paciência dos servidores e o apoio de Léo Moraes para a realização deste sonho dos policiais civis.

 

“É assim que trabalhamos, intermediando para que nossos servidores sejam valorizados e recebam o que lhes é de direito. Quero ressaltar aqui que não só os policiais civis têm meu apoio, como outras categorias que precisam de soluções e meios para que seus benefícios sejam assegurados. ” Concluiu Léo.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS