close
logorovivo2

ELEIÇÕES 2016 – Léo Moraes e Hildon Chaves realizam primeiro confronto do segundo turno

Transmitido para todo mundo através do Rondoniaovivo o debate mostrou como será a “toada” no enfrentamento dos candidatos até o dia da eleição.

DA REDAÇÃO

7 de Outubro de 2016 às 23:06

ELEIÇÕES 2016 – Léo Moraes e Hildon Chaves realizam primeiro confronto do segundo turno

FOTO: (Divulgação)

Após o surpreendente resultado do primeiro turno na corrida à prefeitura de Porto Velho que deixou Hildon Chaves (PSDB) e o deputado Leo Moraes (PTB) no segundo turno, o primeiro encontro entre os candidatos foi promovido nesta sexta-feira (7) pela TV Meridional, afiliada da Band em Rondônia.

Transmitido para todo mundo através do Rondoniaovivo o debate mostrou como será a “toada” no enfrentamento dos candidatos até o dia da eleição.


Ataques

Logo de cara, o tucano Hildon Chaves afirmou que o seu sucesso no primeiro turno o levou a sofrer uma série de ataques pessoais por parte da oposição de sua candidatura. O candidato Léo Moraes rebateu garantindo que da sua parte nunca foi realizado nenhuma espécie de ataque “Minha campanha está sendo feita com propostas, na rua, não dentro de gabinete”, falou.

Saúde

O primeiro tema abordado no debate foi um costumeiro assunto desses encontros políticos e um dos principais problemas da capital rondonienses, a saúde. Para Léo Moraes a primeira ação do prefeito no que diz respeito à saúde é o fortalecimento dos agentes de saúde, a abertura das unidades nos bairros da capital e a construção de mais uma UPA para atender a demanda da capital “Já fizemos um mapeamento das necessidades prioritárias da nossa comunidade, pois quem precisa de saúde tem pressa”, falou Léo Moraes.

Hildon replicou dizendo que é preciso responsabilidade na hora de se apresentar propostas “A nossa proposta é uma administração com eficiência, contendo o desperdício e o gasto da prefeitura”, falou.

Educação

Sobre o tema educação o candidato Hildon Chaves ressaltou a enorme dificuldade que as famílias encontram com a falta de creches em todas áreas da cidade “Temos projetos e recursos para construção de creches, mas de imediato vamos fazer parcerias com entidades que possam prestar esse serviço para comunidade”, falou o tucano.

Ainda falando de educação, Léo Moraes disse que no exercício de seu mandato destinou verbas e trabalhou ações em diversas frentes em prol da educação nas instituições públicas do estado “Vamos falar sobre esse tema com prioridade, com quem já trabalhou pela educação, com quem já fez”, falou Léo Moraes.

Hildon cutucou Leo falando que ele destinou verbas para escolas estaduais “Vamos falar de Porto Velho candidato”, disse.

Leo Moraes rebateu dizendo que das escolas estaduais beneficiadas muitas delas estão na capital, “O candidato não deve saber, mais muitas escolas estaduais estão dentro de Porto Velho”, falou.

Esgoto Sanitário e PPP

O candidato Léo Moraes levantou a problemática envolvendo a falta de saneamento básico na cidade de Porto Velho e perguntou para Hildon Chaves qual seria a sua proposta para solucionar esse problema.

Para o candidato do PSDB, a falta de saneamento na cidade de Porto Velho é uma vergonha, mais uma vez o candidato afirmou que a criação de uma PPP (Parceria Público Privada) seria a alternativa mais viável “Com uma PPP a prefeitura não precisaria gastar seus recursos e resolveria esse problema uma vez por toda”, disse Hildon.

Já Léo Moraes afirmou que já existe verba para a realização do projeto de saneamento da capital e propôs a municipalização da CAERD “Precisamos de uma parceria com o governo do estado e utilizar os recursos já existentes para acabar com esse problema”, falou Moraes.

Hildon retrucou afirmando que não acredita mais na CAERD “Você acredita em coelho da pascoa? A CAERD existe há anos e nunca fez nada”, falou. Não gostando da forma como o candidato falou Leo Moraes retrucou “Vamos falar com seriedade candidato”, disse Leo Moraes.

Trânsito

A implantação do projeto de mobilidade urbana em Porto Velho foi uma necessidade apontada pelo candidato Léo Moraes “Precisamos de estacionamentos oblíquos no Centro da cidade, além da criação da faixa exclusiva para motos, assim como outras medidas práticas para melhorar a qualidade do nosso transito”, falou.

Hildon Chaves falou sobre a implementação da Zona Azul nas regiões de grandes fluxos de veículos na cidade “Essa é uma reivindicação muito antiga da FECOMERCIO, precisamos implantar a zona azul e fazer o pagamento dela através de aplicativos de celular”, disse.

CEASA

Dentro do tema envolvendo agronegócio e geração de emprego a criação de um CEASA na capital rondoniense foi abordada por Hildon Chaves, “Vamos construir um CEASA para desenvolver o agronegócio na cidade de Porto Velho”, falou.

Em resposta Léo Moraes afirmou que apenas propor a criação de um CEASA é muito vaga, pois é necessário o acompanhamento do produtor, a sua qualificação e sua estrutura de trabalho “Falar apenas de CEASA é muito vago, é preciso conhecer os problemas enfrentados pelos produtores, apoiar os agricultores em suas necessidades, desenvolver tecnologias, isso é trabalhar pensando na comunidade”, falou Léo Moraes.

Por fim

Os candidatos mostraram que são dois perfis extremamente diferentes à disposição do eleitorado portovelhense. De um lado, o ex-promotor de justiça Hildon Chaves, candidato com discurso liberalista, defendendo as privatizações e parcerias público privadas. No outro lado está Léo Moraes, candidato jovem, que defende o bom uso da política e suas ações na melhoria da vida da comunidade.

Cabe aos eleitores decidirem quem vai ser escolhido para gerir uma prefeitura problemática, porém com fartas oportunidades de recursos para resolver a situações que colocaram o município com índices assustadoramente baixos no que se resume a qualidade de vida.

Os candidatos ainda irão se enfrentar nos debates promovidos pelas emissoras de televisão da capital.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS