close

Deputado repudia ações de coronel que comanda folha de pagamento do governo

Deputado repudia ações de coronel que comanda folha de pagamento do governo

DA REDAÇÃO

16 de Março de 2016 às 09:17

Deputado repudia ações de coronel que comanda folha de pagamento do governo

FOTO: (Divulgação)

 Coronel prejudica milhares de servidores que buscam seus direitos, segundo Léo Moraes...

As ações do coronel Delner Freire à frente do comitê gestor da folha de pagamento do Governo de Rondônia, foram repudiadas na Assembleia Legislativa, durante pronunciamento do deputado Leo Moraes (PTB), em sessão plenária desta terça-feira (15). Segundo ele, o coronel se sente acima das instituições, ignorando pareceres até do Ministério Público Estadual.

De acordo com Leo Moraes apesar de embasamentos jurídicos encaminhados por parte de diversas secretarias estaduais, o coronel Delner Freire ignora completamente, prejudicando milhares de servidores, que buscam receber direitos como abono permanência, licença prêmio, pecúnia, dentre outros.

Ao registrar seu desagravo ao coronel, o deputado Leo Moraes disse que enquanto o coronel ignora direitos sagrados dos servidores, o mesmo não acontece com seus amigos. “Aos amigos do rei tudo, aos demais nada”, complementou.

Para o parlamentar, um gestor deve ter lisura nos processos, resguardar direitos, e precisa principalmente respeitar os servidores públicos em sua integralidade.

Sócio-educadores

Outro tema focalizado pelo deputado Leo Moraes em pronunciamento na Assembleia Legislativa, foi com referência a defasagem de sócios-educadores nas unidades que abrigam jovens que tenham cometido atos infracionais. Segundo ele, as unidades atuais parecem masmorras, não oferecendo o mínimo de qualidade aos menores infratores, e condições de trabalho aos profissionais que atuam no setor.

O quadro de defasagem (necessidade real) de sócio-educadores é o seguinte: Unidade 1 conta com 97 agentes, defasagem de 55; Unidade 2 funciona com 42 agentes, defasagem de 30;  Unidade Provisória conta com 33, mas há carência de 30 profissionais;  Unidade Feminina com 43 agentes, faltando 10 e por último a Equipe de Escolta que conta com 12 sócios, mas existe uma carência superior a 15 profissionais.

Ao concluir, o deputado Leo Moraes agradeceu ao governador Confúcio Moura (PMDB), ao autorizar a convocação de 152 agentes penitenciários, que em breve estarão tomando posse. Informou ainda, que o restante da turma de concursados também será convocada, conforme acordo judicial.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS