close
logorovivo2

Candidatos ao governo se enfrentam em último debate das eleições 2014 em RO

Os candidatos também debateram sobre temas específicos como educação e cultural. Sobre o cumprimento do Plano Nacional de Educação, os candidatos divergiram sobre o cumprimento das metas.

DA REDAÇÃO

23 de Outubro de 2014 às 22:58

Candidatos ao governo se enfrentam em último debate das eleições 2014 em RO

FOTO: (Divulgação)

O último debate televisionado entre os candidatos pleiteantes ao cargo de governador do estado de Rondônia, Confúcio Moura (PMDB) e Expedito Júnior (PSDB), produzido e transmitido para todo o estado pela TV Rondônia, afiliada da rede Globo foi marcado por troca de farpas.

Já de inicio, o tucano Expedito Júnior partiu para a ofensiva. Esqueceu-se de cumprimentar os telespectadores e integrantes da bancada do debate. Expedito questionou incisivamente as recentes denuncias que envolviam o nome do governador em esquemas de corrupção.

Confúcio afirmou que sempre colaborou com as apurações dos fatos investigados, inclusive em parceria com o Ministério Público do estado de Rondônia, e que caso a justiça comprovasse crime dentro de seu governo, iria ficar ao lado da justiça, independente de quem fosse.

Os candidatos também debateram sobre temas específicos como educação e cultural. Sobre o cumprimento do Plano Nacional de Educação, os candidatos divergiram sobre o cumprimento das metas.

De um lado Expedito afirmava que Confúcio não estava gerindo a educação de Rondonia  de acordo com o procedimento solicitados no padrão do plano de educação, já o governador Confúcio Moura afirmou que o trabalho está sendo feito durante toda a sua gestão e mais projetos estão prontos para serem implantados na rede de ensino estadual.

A cultura foi mais um ponto de discordância entre os candidatos, Expedito criticou a falta de apoio do governo estadual em eventos tradicionais como a Flor do Maracujá e Duelo da Fronteira.

Confúcio afirmou que durante sua gestão financiou esses projetos culturais, porém nos últimos dois anos, o governo teve de passar por reajustes, e por esse motivo teve de priorizar outros setores de sua administração.

Por fim os candidatos mostraram suas opiniões e atitudes ao eleitorado, cabe aos rondonienses decidirem no próximo dia 26 de outubro.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS