close
logorovivo2

A MISSÃO - Vereador assume Semtran, aumento da tarifa do ônibus é sua meta

O vereador Claudio Carvalho (PT), fiel escudeiro do prefeito de Porto Velho, empresário Roberto Sobrinho deixou a Câmara Municipal para assumir a Semtran – secretaria Municipal de Trânsito da capital.

DA REDAÇÃO

16 de Novembro de 2011 às 10:06

A MISSÃO - Vereador assume Semtran, aumento da tarifa do ônibus é sua meta

FOTO: (Divulgação)

Carvalho é oriundo do sindicato da categoria profissional dos cobradores e motoristas de ônibus urbano.
O vereador Claudio Carvalho (PT), fiel escudeiro do prefeito de Porto Velho, empresário Roberto Sobrinho deixou a Câmara Municipal para assumir a Semtran – secretaria Municipal de Trânsito da capital.
Carvalho é oriundo do sindicato da categoria profissional dos cobradores e motoristas de ônibus urbano. Como é amigo próximo dos empresários que comandam o transporte público na capital, Cláudio assume com a espinhosa missão de fazer o novo aumento da tarifa do transporte coletivo de Porto Velho, programado para o começo do ano.
O valor sugerido pelas empresas e que também supostamente agradaria o Prefeito seria uma tarifa de R$ 3,00 o bilhete. Pode ser que Cláudio não consiga cumprir sua missão.Porém, vontade política para "fazer" o aumento não lhe falta.  Enquanto foi o secretário de Trânsito na capital, Carvalho teve um desempenho pífio, com o aumento dos acidentes de trânsito na capital e excesso de ruas sem sinalização.
Bem diferente da época em que era cobrador de ônibus, Cláudio fez uma campanha milionária para a vereança e também para a Assembléia Legislativa e se conseguir fazer passar o aumento, novamente deve angariar muitos apoiadores para seu pleito eleitoral. A conta deve ficar com o morador e usuário do sistema público de transporte.
TELE SENA
No seu programa de campanha eleitoral, quando ainda não tinha virado empresário do ramo de locação de equipamentos pesados, Roberto Sobrinho dizia que ia acabar com o “ônibus tele sena”, que passava de hora em hora. Também dizia que ia abrir o mercado para novas empresas de transporte coletivo. Ficou na promessa.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS