close
logorovivo2

CABEÇA NA GUILHOTINA - Deputado Jesualdo afirma que secretário de educação não atende deputados

CABEÇA NA GUILHOTINA - Deputado Jesualdo quer Programa Escola da Família e afirma que secretário de educação não atende deputados

DA REDAÇÃO

18 de Fevereiro de 2011 às 12:24

CABEÇA NA GUILHOTINA - Deputado Jesualdo afirma que secretário de educação não atende deputados

FOTO: (Divulgação)

O deputado estadual Jesualdo Pires (PSB) apresentou na Assembleia Legislativa projeto  de lei que cria no Estado de Rondônia o Programa Escola da Família que tem por finalidade oferecer aos jovens e adultos de comunidades carentes acesso a atividades culturais e esportivas. O parlamentar, na ocasião, sugeriu uma discussão mais aprofundada com a Secretaria de Estado da Educação “porque o aprimoramento da proposta visa tão-somente o enriquecimento sociocultural da pessoa humana”.
 
Jesualdo destacou que as escolas públicas adeptas ao projeto deverão abrir suas portas todos os finais de semanas para receber a população carente. “A nossa proposta visa dispor atividades dentro das categorias esportivas, culturais, de saúde e a qualificação na área de trabalho, já que consistem em propiciar atividades produtivas que serão levadas para a vida inteira de cada cidadão”.
 
Outro dado apresentado pelo deputado Jesualdo Pires com o projeto de lei diz respeito ao incremento e crescimento de jovens e adultos, possibilitando ingresso no ensino superior. “Os estudantes que trabalharem como voluntários terão o direito de receber 100% de desconto nos seus cursos. Caberá ao Estado custear 50% da mensalidade, ficando o restante para a própria instituição, bem como proporcionar formação acadêmica de universitários”.
 
Jesualdo Pires disse esperar que o secretário Jorge Elarrat, da Seduc, atenda os parlamentares na discussão de matérias de interesse da educação. “Está difícil falar com o secretário de Educação, o que é lamentável. Já o procurei e sempre recebi como resposta de que se encontra em reunião. Além disso, o secretário Elarrat não retorna a ligação. Acho estranho porque o governador Confúcio Moura (PMDB) tem pregado a harmonia e o bom entendimento entre os poderes e isso não vem acontecendo.

Em partes, os deputados Euclides Maciel (PSBD), Maurão de Carvalho (PP), Edson Martin (PMDB) e David Chiquilito Erse (PC do B) também lamentaram a postura do secretário Jorge Elarrat.

“Por mais que seja técnico, foi alguém que o indicou para o cargo”, disse Edson Martins, que também é líder do governo. Já David Chiquilito disse que “todo secretário, por mais técnico que possa ser, foi nomeado pelo governador que é político. Como vice-líder farei de tudo para que os secretários entendam isso. Vou procurar conversar com os secretários de governo e colocar a posição dos parlamentares”.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS